Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Lindsay Anderson
54Número de Fãs

Nascimento: 17 de Abril de 1923 (71 years)

Falecimento: 30 de Agosto de 1994

Bangalore - Índia

Lindsay Gordon Anderson foi um cineasta britânico, nascido na Índia, um dos líderes do British New Wave, um movimento de cinema de vanguarda acontecido na Inglaterra no começo da década de 1960, equivalente à Nouvelle Vague francesa.

Seu trabalho mais conhecido internacionalmente, entre outros, é o filme ''Se....'', que lançou ao estrelato o ator Malcolm McDowell e conquistou o Grand Prix do Festival de Cinema de Cannes em 1969. Sua obra-prima, ''Se...'', que trata de uma rebelião estudantil armada, contra o sistema opressor de ensino nas escolas públicas britânicas dos anos 1950 e 1960, foi considerado em 2004 como o 16º maior filme britânico da história.

Juntamente com Karel Reisz , Tony Richardson e outros, ele conseguiu financiamento de várias fontes (incluindo a Ford da Grã-Bretanha ) e cada um deles fez uma série de documentários curtos sobre uma variedade de assuntos. Um dos primeiros curtas-metragens de Anderson, Thursday's Children (1954), sobre a educação de crianças surdas , feito em colaboração com Guy Brenton, um amigo de seus dias em Oxford, ganhou um Oscar de Melhor Documentário Curto em 1954.

Em 1963, dirigiu o belo ''O Pranto de um Ídolo/This Sporting Life'', o filme é estrelado por Richard Harris, Rachel Roberts, William Hartel e Alan Badel. O filme foi o primeiro papel de protagonista de Harris, e lhe valeu o prêmio de Melhor Ator no Festival de Cinema de Cannes de 1963. Ele também foi indicado ao Oscar de Melhor Ator em um papel de liderança. Roberts, ganhou seu segundo prêmio BAFTA e recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz.

Anderson é talvez mais lembrado como um cineasta por sua " trilogia Mick Travis ", todos os quais estrela Malcolm McDowell como o personagem-título: ''if ....'' (1968), uma sátira em escolas públicas; ''Um Homem de Sorte/O Lucky Man!'' (1973) um filme de estrada inspirado pelo Pilgrim's Progress ; e ''Hospital dos Malucos/Britannia Hospital'' (1982), uma fantasia que tem influência estilística da ala populista do cinema britânico representada pelos filmes de terror Hammer e as comédias Carry On.

Em 1981, Anderson desempenhou o papel de Mestre do Caius College na Universidade de Cambridge no filme ''Carruagens de Fogo/Chariots of Fire''.

Anderson desenvolveu um conhecido de 1950 com John Ford , o que levou ao que veio a ser considerado como um dos livros padrão sobre esse diretor, Anderson's About John Ford (1983). Baseado em meia dúzia de reuniões ao longo de mais de duas décadas, e um estudo da vida do trabalho do homem, o livro foi descrito como "Um dos melhores livros publicados por um cineasta em um cineasta".

Anderson também foi um importante diretor de teatro britânico. Ele esteve por muito tempo associado ao Royal Court Theatre de Londres , onde foi diretor co-artístico de 1969 a 1970, e diretor artístico associado de 1971 a 1975, dirigindo produções de estréia de peças de David Storey , entre outros.

Em 1987, causou comoção no Festival de Cannes ao exibir ''Baleias de Agosto/The Whales of August'', com as lendárias Bette Davis e Lillian Gish como irmãs mais velhas. Também no elenco estavam Ann Sothern como uma de suas amigas, e Vincent Price como um membro periférico da antiga aristocracia russa . A história é baseada na peça de mesmo nome de David Berry. O filme foi filmado no Maine 's Cliff Island . A casa ainda está de pé e é um tema popular de artistas na ilha. Neste filme, Lillian Gish e Ann Sothern (indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante) fizeram seus papéis finais no cinema.

Anderson morreu de um ataque cardíaco em 30 de agosto de 1994 aos 71 anos de idade.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.