Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Nicole Kidman
9901Número de Fãs

Nascimento: 20 de Junho de 1967 (49 years)

Honolulu, Hawaii - Estados Unidos da América

À época de seu nascimento, a família morava no Havaí, tendo logo se mudado para Washington, DC; quando a pequena Nicole tinha três anos, os Kidman voltaram para Sydney, onde ela cresceu e começou a trabalhar como atriz nos anos 80.

Após uma carreira variada em cinema de televisão nos EUA e na Austrália, sempre em filmes menores, Nicole teve sua oportunidade de brilhar em Terror a Bordo, de 1989, com Billy Zane e Sam Neill, uma história de suspense e terror sobre um casal de velejadores que resgata um sobrevivente de naufrágio em alto mar.

A partir daí, sua carreira entrou numa pemanente ascensão, desde o filme do ano seguinte, Dias de Trovão, com Tom Cruise, a quem conheceu nas filmagens e com quem foi casada por quase onze anos, passando por bons papéis em Um Sonho Sem Limites, Malícia, O Pacificador , trabalhando com o ex-marido em De Olhos Bem Fechados do mito Stanley Kubrick até desembocar em seus grandes sucessos premiados como Moulin Rouge e As Horas, que lhe rendeu um Oscar em 2002.

Possui uma estrela na Calçada da Fama, localizada no número 6801 do Hollywood Boulevard e por ser filha de australianos nascida no Havaí, tem dupla cidadania.

Foi casada com Tom Cruise por quase onze anos e adotou duas crianças com ele, Isabella Jane Kidman Cruise e Connor Anthony Kidman Cruise. Após divorciar-se de Cruise, se casou com Keith Urban e teve sua primeira filha no dia 7 de julho de 2008, Sunday Rose Kidman Urban.
Segundo filme de Kidman em 1995, To Die For, foi uma comédia satírica, que lhe rendeu elogios da crítica.Por sua interpretação da assassina newscaster Suzanne Stone Maretto, ela ganhou um Globo de Ouro e outros cinco prêmios de melhor atriz. Em 1998, ela apareceu no filme Practical Magic como irma de Sandra Bullock, e atuou na peça teatral The Blue Room, que abriu em Londres. Em 1999, Kidman e Cruise retratado um casal em Eyes Wide Shut, o último filme de Stanley Kubrick. O filme abriu às revisões geralmente positivas, mas foi objecto de censura controvérsias devido à natureza de suas cenas explícitas de sexo.