Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Pedro Malta

Pedro Malta

Nomes Alternativos: Pedro Francisco Barbosa Malta

20Número de Fãs

Nascimento: 8 de Abril de 1994 (23 years)

Recife, PE - Brasil

Pedro é um ator brasileiro.
Começou a carreira cedo, como o Felipe de Coração de Estudante. Atuou em outras novelas da Rede Globo nos anos seguintes, mas em 2005 fez uma novela da Record: “Prova de Amor”, onde interpretou dois irmãos gêmeos. Seu último trabalho foi em Promessas de Amor, como Eugênio. Também participou de diversos filmes, onde contracenou com Renato Aragão, Xuxa e outros famosos.

Nasceu em Recife no dia 8 de abril de 1994, descende de holandeses. Aos 2 anos e meio, foi levado por um amigo da família a uma agência de publicidade e fez o primeiro comercial, para um shopping. Esse foi o começo de tudo, pois daí em diante não parou mais de receber convites para comerciais e desfiles.Toda gravação ou desfile para ele era motivo de brincadeiras. Fez várias campanhas publicitárias . Aos 5 anos de idade, foi convidado para fazer o piloto de um programa, juntamente com o apresentador Flávio Barra. Esse piloto foi aprovado, e se tornou um ótimo entretenimento todas as tardes, numa das emissoras de televisão local. Foi também em Recife que fez o seu primeiro curta-metragem. Foi um projeto da Fundação Gilberto Freyre, denominada de “Assombrações do Recife Velho“. Foram feitos onze filmes, baseados em lendas urbanas, ricamente relatadas pelo Gilberto Freyre. O curta-metragem que protagonizou, recebeu o título de “O Fantasma do Menino Feliz”. Mas, foi no final do ano de 2001, em visita a avó, que residia no Rio de Janeiro que a sua vida mudou radicalmente. Sua irmã, lendo em uma revista que estavam a procura de um menino na faixa de idade de 7 ou 8 anos, para ser filho do Fábio Assunção, na novela Coração de Estudante, resolveu enviar para a Rede Globo o seu curriculum-vitae. Poucos dias depois estavam chamando-o para fazer um teste. No dia marcado foi chamado pelo Produtor de Elenco, Luiz Antonio Rocha. A expectativa era desesperadora. Só teve resposta do teste, definitivamente, no dia da apresentação do elenco à imprensa. Em 2002 recebeu um prêmio no Domingão do Faustão, como Melhor Ator Mirim. Nesse mesmo ano, recebeu também do Jornal Extra, através do Canal do Voto dos leitores, o título de Melhor Ator Mirim de 2002. Em São Paulo, recebeu o Prêmio Magníficos, também como Melhor Ator Mirim de 2002. Recebeu também o 5º Prêmio Contigo, como Melhor Ator Mirim de 2002. Como Melhor Ator Mirim também recebeu o Prêmio Master 2003 pelo Jornal dos Clubes. Em 2003, também foi agraciado com o mesmo título pela Revista Conta Mais. Recebeu também o Prêmio Austregésilo de Ataíde Destaque de 2002/2003. Outro trabalho o episódio do programa Brava Gente, intitulado “Entre o Céu e a Terra”, escrito por Marco Schiavon e dirigido pelo Roberto Faria. O personagem foi o Neto. Após esse episódio, também fez a Mini-série A Casa das Sete Mulheres, com o personagem Marco Antonio. Essa mini-série foi dividida em três fases, ele participou da primeira delas. Em Kubanacan, o seu personagem, Gabriel, sofria de leucemia. Depois veio a novela Começar de Novo, e seu personagem, o Pepê, via ETs, conversava com eles, frequentava naves espaciais. O personagem Neto tinha o mesmo problema de Lipe, mas, só que quem bebia era o pai. O Gabriel, Era todo enrolado: o pai que não era o pai, a mãe, que fugiu com a outra filha e o abandonou, depois foi descoberto que sofria de leucemia. Ao chegar na Rede Record, recebeu de Tiago Santiago, autor da novela Prova de Amor o papel dos gêmeos Eduardo e Ricardo, papéis que o fizeram receber da Revista Contigo! o prêmio de melhor ator-mirim de 2006. Fez também na Rede Record a novela Vidas Opostas, com o personagem Felipe. Só que esse Felipe, era arrogante, preconceituoso, antipático. Durante esse tempo dublou o filme Um Cão do Outro Mundo. Dublou a voz do protagonista Liam Aiken , que fez o personagem Owen. A novela substituta de Vidas Opostas foi Caminhos do Coração, novela essa que Pedro Malta interpretou um "mutante" chamado Eugênio. Esse personagem foi o primeiro que ele interpretou de sua idade. Também foi em Caminhos do Coração que ele deu seu primeiro beijo técnico. Fez a peça teatral É o Bicho! A Ordem Natural das Coisas. Peça de Evaldo Mocarzel, com direção de Rosi Campos e Cláudia Borioni. Também fez João e Maria, um musical infantil, numa adaptação de Pedro Murad, com direção de Gabriel Cortez e Marco Rosa. No filme de Renato Aragão Didi Quer Ser Criança o personagem foi outro Felipe, o melhor amigo do Didi. Com a Xuxa, fez Xuxinha e Guto Contra os Monstros do Espaço. Em Curta-metragem: 16mm O Farol de Santo Agostinho: Esse curta-metragem faz parte de um projeto exibido pela TV Educativa no Projeto Curta-Brasil/Curta-Criança. Foi escrito e dirigido por Marco Schiavon. Arraiada, Esse, escrito e roteirizado por Henrique Rossi, teve o apóio da Universidade Federal Fluminense. Arraiada foi classificado , ficando entre os oito (8) para concorrer no 34° Festival de Cinema de Gramado. Também foi classificado para concorrer no 4° Curta Santos (SP) - Prêmio Chico Botelho. Esse prêmio ele ganhou como Melhor Ator 2006. E, dessa vez, não foi mirim. Em 2017, participou da novela