Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > br_victor
29 years, Guarulhos (BRA)
Usuário desde Fevereiro de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

"Não tenho preconceitos de raça, cor ou religião. Tolero qualquer sociedade. Basta-me saber que o homem é um ser humano: ele não pode ser pior." Mark Twain

Já passei dos vinte, dos primeiros cem livros e dos primeiros amores. Sou estudante de Filosofia, preguiçoso militante e mantenho um blog com meu primo, sobre cultura e cinema trash. Para quem quiser conhecer:

http://cafecomtripas.blogspot.com/

Últimas opiniões enviadas

  • Bruno de Oliveira

    O bom dessas produções "alternativas" é que elas colocam seus próprios padrões e pedem um pouco mais de inteligência para que evitemos julgá-las por padrões mais comuns, de modo que, quando conseguimos fazer isso, ganhamos a capacidade de julgar algo novo por uma nova base.

    "Horace and Pete" começa e acaba abruptamente: os eventos se dão sem nenhum aviso ou significado e as coisas apenas ocorrem sem que isso sirva para levar alguém a algo, completar o arco de um personagem ou coisa assim, mais ainda, o decorrer da série abre diversas possibilidades que simplesmente se perdem ou que não são levadas adiante no correr da trama, algo que seria muito criticável em qualquer produção mais comercial.
    O curioso a esse respeito é que nada disso é propriamente um defeito da série, mas somente o padrão ao qual ela se reporta, que é essa vida que vem de lugar algum e vai a lugar nenhum.

    Justamente por isso eu não me arriscaria a dar um tema para essa série, acho que ela é essa amostra de um cotidiano decadente que não quer provar algo ou ser sobre algo. A sucessão das coisas não necessariamente significa algo e a estrutura teatral da série é ótima para isso, por evitar os vários clichês de câmera e de ênfase que o cinema e a TV fazem. Capítulos como o terceiro, que praticamente se resolvem com uma câmera focada no rosto de alguém contando uma história, sem flashbacks e grandes mudanças de cenário, em suma, que se resolvem só com atuação pura e simples, são lindos em toda essa simplicidade e dão a impressão de que nós que estamos acostumados com muito mais que isso é que não sabemos nada sobre arte. Dá vontade de estar lá vendo de perto o rosto dos atores se contorcer de dor.

    A série possui ótimos atores principais (todos veteranos), uma curta e bem escolhida duração, e um capítulo final que faz o favor de não tentar resolver a série, de entregar uma resolução feliz e idiota, tomando liberdades que só poderia tomar justamente porque foi feita para atingir um público pequeno.

    Para quem quer fugir dos mesmos estímulos, das mesmas histórias, "Horace and Pete" é uma ótima chance de fazer isso.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Bruno de Oliveira

    Uma pena, não ficou legal. É difícil se afeiçoar às personagens apesar do esforço imenso que o filme faz nesse sentido e, curiosamente, num filme de protagonistas mulheres, o personagem mais carismático é Hemsworth.

    O humor também não funciona bem e muitas (muitas) cenas são desperdiçadas tentando fazê-lo funcionar, de modo que o filme vai simplesmente indo sem cativar muito, sem despencar para o ridículo.

    Sei lá, é só uma pena.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Bruno de Oliveira

    Filme medonho e ultrapassado, que expõe todos aqueles clichês bizarros do papel feminino na criação dos filhos.

    De um lado, um pai completamente ausente e que não interfere na educação dos filhos, de outro, uma mãe que acha que é a única referência importante na vida dos filhos e uma madrasta que acha que nunca estará a altura disso. No filme todo o personagem da Julia Roberts é açoitado como "não-mãe", de uma forma ridícula, pois o papel do pai, por exemplo, nunca é questionado. A madrasta e a mãe devem abrir mão da carreira e da vida pelos filhos, e o pai deve brincar com eles de vez em quando.

    Foi uma experiência medonha.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Linny~
    Linny~

    Ahh Nausicaa é bem legal! (aliás, curto muito os filmes do studio ghibli!)
    Mas enfim, eu também não ando vendo muitos animes não... atualmente estou mais viciada em seriados e filmes mesmo (:
    E em questão de leitura, tô fazendo maratona de HQ! haha. Curte sandman? :)

  • Linny~
    Linny~

    Oi Bruno! hahah poxa, só hoje vi seu comentário (depois de 2 anos!)
    Fazia muuuito tempo q não entrava aqui no filmow, tô voltando agora hehe :)
    Enfim, tá adicionado!
    E vc curte vampire princess então? é um dos meus animes preferidos até hj ^^

  • Evander
    Evander

    E aí, cara. Alguma vez eu já tinha dado uma fuçada pelo teu blog, ueaehuaehaeu. Tá aceito. :]