Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > linx
31 years São Paulo - (BRA)
Usuário desde Maio de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Morbidez? Sensacionalismo? Não. E explico: a ficção para ser purificadora precisa ser atroz. O personagem é vil, para que não sejamos. Ele realiza a miséria inconfessa de cada um de nós.(....). E no teatro, que é mais plástico, direto, e de um impacto tão mais puro, esse fenômeno de transferência torna-se mais válido. Para salvar a platéia é preciso encher o palco de assassinos, adúlteros, de insanos e, em suma de uma salada de monstros. São os nossos monstros, dos quais eventualmente nos libertamos, para depois recriá-los.( Nelson Rodrigues, O Anjo Pornográfico, pág.273.)
Meu Blog: https://oitomaos.wordpress.com/

Últimas opiniões enviadas

  • Luis Henrique

    O filme é basicamente uma grande homenagem aos filmes de terror trash/B (em especial Herschell Gordon Lewis - inclusive mencionado no fim do filme - e referenciado o filme todo). Segue o mesmo esquema de um filme do Lewis, bem tosco, com uma história confusa e cheia de furos e com muito sangue. Para quem é fã desse estilo é bem legal ver um filme assim no cinema (aqui em SP está em cartaz no Espaço Itau de Cinema do Shopping Frei Caneca - hoje é dia 18/08/2018 pra referência - ah e se for assistir pega o cupom de desconto no Peixe Urbano rs). Vale muito a pena (mas se você não curtir esse estilo ou nunca ter ouvido falar do Lewis ou mesmo de Blood Feast nem vai pois você vai perder tempo e não vai entender a "graça" do filme - e ainda é capaz de sair puto do cinema rsrs).

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Luis Henrique

    Terror bem no estilo anos 80. Muito bem feito, com boas atuações e obviamente duas belas histórias. Vale muito a pena ser visto por todo fã de filmes de terror pois ver um filme dirigido por duas lendas do terror baseado na obra de outra lenda torna essa obra quase que sagrada (e bem pouco conhecida - eu mesmo nem sabia da sua existência)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Luis Henrique

    Confesso que quando vi os primeiros episódios não curti, porém depois de um bom tempo comecei novamente a ver a série e acabei me apaixonando. É uma série que demora pra engrenar e exige de quem vê uma certa sensibilidade do expectador (nem preciso dizer que exige do expectador uma desconstrução boa de grande parte dos preconceitos vigentes na nossa sociedade), mas quando a série engrena você acaba se ligando aos personagens de uma forma absurda. Apesar da série ter uma história boa e muito original, o forte da série fica por conta do carisma de cada personagem, sejam os principais, sejam os secundários, todos muito bem desenvolvidos, com atuações primorosas e com histórias incríveis. A grande questão da série é que ela afunila bem o público (se você for um homem cis gênero, hétero, com uma criação tradicional - tipo eu - você vai precisar de muita desconstrução para conseguir se apegar a série - e paciência pois a série demora a te conquistar - só um exemplo não precisa ter um ataque). Porém a série tem um adicional legal que é mostrar muita diversidade (pode parecer meio piegas, mas a série acrescenta muito sobre diversos assuntos tão pouco explorados pela nossa sociedade). Em resumo: assiste, tenha um pouco de paciência que a série melhora e vai acrescentar muito na sua vida.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Luis Henrique.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.