Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > sequencia
33 years Ouro Preto - (BRA)
Usuário desde Novembro de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Marcos Soares

    Se em ''Nocaute'', Steve Austin fez uma das tantas variações de ''Karate Kid'', aqui ele é o caso clássico de lutador clandestino que, devido às circunstâncias, precisa lutar para ganhar dinheiro.

    Filmes sobre lutadores de rua não são raros e vez ou outra dão as caras. Clint Eastwood, Van Damme, Charles Bronson, Michael Jai White e até Channing Tatum(!!?) já estiveram em produções muito semelhantes.

    Destaque também para atores conhecidos que tiveram papéis principais, como a Laura Vandervoort e Walton Goggins.

    E vale mencionar que Steve Austin começou a carreira e ator com tudo, tinha potencial para ser um grande astro de ação, cara de durão, fazendo ''Os Condenados'', ''Punhos de Aço'' e um vilão de responsa em ''Mercenários 1'' (com direito a dar uma coça no próprio Stallone), pena que escolhas equivocadas o rebaixaram a um ator C, torço para que apareça um filme que seja divisor de águas para o querido Stone Cold.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marcos Soares

    A impressão que eu tenho é que o filme poderia ter 90 minutos de boa, se arrasta muito em diversos momentos que se somados dão em vários minutos maçantes e até sonolentos.

    Como sempre eu não crio expectativas, mas nem assim consegui curtir muito a produção... primeiro que a sinopse fala em

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    23 personalidades, mas são pouquíssimas as que aparecem de verdade (afinal, falar 1 frase solta não conta, né)

    Do trio feminino, só 1 foi explorada, as outras 2 estavam ali só como apoio, não deu para ''torcer'' por elas em momento algum, aí fica difícil...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Jean
    Jean

    Não conheço. Vou salvar aqui para futuramente. Obrigado pela indicação, amigo.

  • Jean
    Jean

    Opa, Merantau eu já assisti, achei bacana toda a ideia do filme, mas o final foi escroto pra caramba. Do Iko Uwais, na Netflix, tem também o Headshot, já assistiu? É legalzinho.

    Esse Chocolate não assisti.

  • Jean
    Jean

    Rapaz, sobre o que falou da capoeira, é verdade! Nunca tinha parada para pensar nisso. O único filme de capoeira brasileiro que eu saiba é o "Besouro", que eu não gosto muito, por causa do candomblé e tal, mas as lutas são muito maneiras e a história não é ruim.

    Quando tiver uma indicação de filmes de porrada indochinês, tailandês e etc. me avisa, estou curtindo muito... sobre esse que eu te indiquei, só procure saber se a Netflix não está para tirá-lo, para não perde a chance de assisti-lo sem ter que baixá-lo.