Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Bruno Gagliasso

Bruno Gagliasso

Nomes Alternativos: Bruno Gagliasso Marques

311Número de Fãs

Nascimento: 13 de Abril de 1982 (38 years)

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - Brasil

Bruno Gagliasso Marques, é um ator e empresário brasileiro.

É filho de Lúcia Gagliasso e Paulo César Marques, irmão mais velho do também ator Thiago Gagliasso e de Paula Marques.

Começou a carreira ainda criança, fazendo figuração em novelas da Globo. Em 1999, participou do episódio Papai é Gay!, do extinto Você Decide. No ano seguinte, fez uma pequena participação na temporada de 2000 do seriado teen ''Malhação'', cujo protagonistas foram vividos por Ludmila Dayer e Fábio Azevedo. Depois, transferiu-se para o SBT, onde despontou em sua primeira atuação mais expressiva em numa novela, quando participou de ''Chiquititas''.

Em 2001, assinou contrato com a Rede Globo, emissora pela qual permanece contratado até os dias atuais, para integrar o elenco da novela ''As Filhas da Mãe'', como Artur, filho da personagem Rosalva, de Regina Casé. Em 2003, interpretou o jovem Caetano, da minissérie ''A Casa das Sete Mulheres'', personagem que existiu na vida real e era filho de Bento Gonçalves, herói da Revolução Farroupilha, que na produção foi vivido por Werner Schünemann. Seu ótimo desempenho chamou a atenção dos diretores do canal e lhe rendeu um papel de destaque na novela ''Celebridade'', na trama, encarnou o problemático Inácio, garoto que sofre rejeição e maus tratos da própria mãe, vivida por Deborah Evelyn, que o culpa pela morte de seu irmão. Com esse trabalho, firmou-se ainda mais na profissão e consagrou-se como um dos principais nomes da Globo, recebendo muitos elogios da crítica especializada.

Em 2005, assumiu o papel polêmico de um homossexual na novela ''América''. No folhetim, Júnior envolvia-se amorosamente com um funcionário da fazenda da própria mãe, interpretado pelo ator Erom Cordeiro. Os atores chegaram a gravar uma cena de beijo, mas a mesma não pôde ser exibida.

Posteriormente, mostrou sua versatilidade ao encarnar o engraçado e estabanado garoto do interior Ricardo, no remake de ''Sinhá Moça''. Na trama, seu personagem era famoso por envolver-se em confusões amorosas. Após sustentar uma paixão platônica pela misteriosa Ana do Véu, derrete-se de amores pela Baronesa de Araruna, interpretada pela atriz Patrícia Pillar.

Em 2007, ganhou seu primeiro vilão em novelas, o sedutor e cafajeste Ivan de ''Paraíso Tropical''. O mau caratismo do personagem era algo de família, já que no folhetim, seu irmão, Olavo, de Wagner Moura, e sua mãe Marion, de Vera Holtz, também pertenciam à mesma laia.

Em contraposição à sua ultimação atuação, em 2008, viveu o romântico Eduardo de ''Ciranda de Pedra''. Num emendo, no ano seguinte, reapareceu no vídeo como o esquizofrênico Tarso de ''Caminho das Índias'', considerado até então como o personagem mais importante de sua carreira. Novamente foi saraivado de críticas e elogios, tanto pelo público quanto pela crítica especializada.

Em 2010, interpretou o papel do italiano bígamo Berillo Rondelli na novela ''Passione''. Na trama, seu personagem abandonou a mulher Agostina (interpretado pela atriz Leandra Leal) e o próprio filho, na Itália, e veio para o Brasil, com a desculpa de tentar uma vida melhor. Já no Brasil, formou uma nova família com a patricinha Jéssica (interpretado pela atriz Gabriela Duarte, garota rica e mimada, herdeira do Rei do Lixo, Olavo, de (interpretado pelo ator Francisco Cuoco). Só o que ele não sabe, é que Jéssica na verdade é tia de Agostina, e a própria está no Brasil a sua procura. Já em 2011 Na novela das seis ''Cordel Encantado'', ele interpretou Timoteo, que era o vilão da trama.

Em 2013, protagonizou o filme ''Mato sem Cachorro'' ao lado de Leandra Leal e a novela ''Joia Rara'', junto com Bianca Bin. A trama de Thelma Guedes e Duca Rachid ganhou o Emmy Internacional de melhor novela.

Em 2014, o ator foi convidado para protagonizar o seriado de Glória Perez, ''Dupla Identidade'', em que interpretou o serial killer, Edu.

Em 2015, pôde ser visto em ''Babilônia'', no "horário das nove", no papel do grande vilão traficante e cafetão Murilo. No ano seguinte, foi cotado para a série ''Supermax'', mas acabou deixando o elenco meses depois por gerar conflitos em sua agenda profissional. Ainda em 2016, viveu o protagonista Mário na novela das 18h ''Sol Nascente''.

Em 2018 interpretou o protagonista Gabriel na novela das 21h ''O Sétimo Guardião''.

Em 2019, fez o filme ''Marighella'', nesse mesmo ano surpreendeu a todos, quando confirmou o fim do contrato com a TV Globo após quase 20 anos, trabalhando na emissora. O anuncio aconteceu no seu perfil do Instagram.

Cônjuge: Giovanna Ewbank (desde 2010), Camila Rodrigues (de 2006 a 2008).
Filhos: Chissomo Ewbank Gagliasso, Bless Ewbank Gagliasso

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.