Chega Mais

1980

Chega Mais

Média geral 3.7
baseado em 28 votos
Sua avaliação:
salvando

O casal Gelly (Sônia Braga) e Tom (Tony Ramos) vivem brigando, mas não conseguem viver um sem o outro. Tom é seqüestrado no dia do seu casamento e deixa Gelly sozinha no altar. Na verdade, o seqüestro foi uma armação de Tom para pegar o dinheiro do resgate, que seria pago pela família da noiva. Porém, ele não imaginava que os pais de Gelly estivessem completamente falidos.

Gelly e Tom acabam se separando. Tom se envolve com a executiva Léa (Rosamaria Murtinho), uma mulher mais velha e rica. Gelly passa a ser assediada pelo seu ex-noivo, Guto (Ney Sant'Anna). Porém, a mãe de Gelly, Agda (Renata Fronzi), tem mania de grandeza e torce para que sua filha se apaixone pelo diplomata norte-americano Paul Cleveland (Ruy Rezende). Ela não sabe, entretanto, que Paul Cleveland é apenas uma invenção da cartomante Madame Zoraide (Ana Ariel) e do seu filho Zico, que trabalha como camelô.

Os encontros e desencontros de Tom e Gelly na trama eram entremeados pela história de Lúcia (Renata Sorrah), uma mulher que sofre por ter sido abandonada pelo marido Jonas (Ney Latorraca). Ela acaba conhecendo Amaro (Osmar Prado), um baiano que quer ser cantor e muda totalmente a vida da personagem.

Chega Mais reuniu mais de 40 personagens e todos eles tinham aspectos bons e maus. Esse foi o primeiro trabalho do autor Carlos Eduardo Novaes para a televisão. Ele usou um humor crítico em alguns trechos da trama, que chegou a ser considerado como uma antinovela, já que fugia aos padrões das histórias mais leves apresentadas no horário das 19h

Estreia Brasil:
1980
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
  • Nenhum trailer cadastrado.
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: