Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Elza Gomes

Elza Gomes

Nomes Alternativos: Luísa dos Santos Gomes

10Número de Fãs

Nascimento: 19 de Outubro de 1910 (73 years)

Falecimento: 17 de Maio de 1984

Lisboa - Portugal

Luísa dos Santos Gomes, mais conhecida como Elza Gomes (Lisboa, 19 de outubro de 1910 — Rio de Janeiro, 17 de maio de 1984), foi uma atriz brasileira nascida em Portugal.

Seus pais, João e Silvana dos Santos Gomes, eram atores de modesta companhia de comédias em Portugal. A familiaridade com o meio artístico levou ao início de sua carreira ainda na infância.
O pai de Elza morreu quando esta tinha oito anos, e sua mãe decidiu se mudar para o Brasil, mandando buscar as filhas três anos depois. Estabeleceram-se primeiramente na Cidade da Paraíba (atual João Pessoa), onde Silvana Gomes retomou sua carreira. Em 1923, a família se mudou para o Rio de Janeiro, pois a mãe fora contratada por uma companhia de teatro de revista que se apresentava no Teatro Carlos Gomes. Neste mesmo ano, deu-se a estreia profissional de Elza, como Juquinha na peça A Capital Federal, de Artur Azevedo.
Entre as cerca de 400 peças de cuja montagem participou, destacam-se: A dama do camarote, Senhora na boca de lixo, My Fair Lady, Deus lhe pague, A dama das camélias e Guerra mais ou menos santa.
Na televisão participou de várias telenovelas, entre as quais O Primeiro Amor (1972), Pecado capital (1975), O casarão (1976), Saramandaia (1976), Chega mais (1980) e Final feliz (1982), sua última telenovela e seu último trabalho como atriz, na qual fez sucesso interpretando a personagem "Dona Sinhá". Elza fez quinze filmes e mais de doze telenovelas.
Foi casada com o ator André Villon por 46 anos, a quem conheceu na Companhia de Procópio Ferreira, quando estava viúva e com uma filha de quatro anos.
Ao longo de sua vida, Elza desenvolveu problemas cardíacos os quais levaram à instalação de um marcapasso, em 1976. Em 1983, após outra intervenção cirúrgica, constatou-se que estava padecendo de um câncer pancreático, um dos tipos mais agressivos da doença e cujos sintomas se apresentam tardiamente. Em 9 de maio de 1984, Elza foi internada no Hospital São Lucas, situado no bairro carioca de Copacabana, onde passou seus últimos dias. Ela veio a falecer na semana seguinte, às 12h50min de quinta-feira, 17 de maio. Seu corpo foi velado no Teatro Glauce Rocha e sepultado no dia seguinte, no Cemitério Santa Cruz, no Rio de Janeiro.