Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Gugu Liberato

Gugu Liberato

Nomes Alternativos: Antônio Augusto de Moraes Liberato

51Número de Fãs

Nascimento: 10 de Abril de 1959 (57 years)

São Paulo, Brasil

Gugu Liberato, nome artístico de Antônio Augusto de Moraes Liberato (São Paulo, 10 de abril de 1959), é um apresentador de televisão, empresário e cantor brasileiro.

Descendente de portugueses, Gugu escrevia cartas para Sílvio Santos sugerindo programas, que o contratou. Começou na televisão aos quatorze anos como assistente de produção do programa Domingo no Parque, apresentado por Sílvio Santos no SBT.

É considerado um dos maiores e mais bem sucedidos apresentadores da televisão brasileira de todos os tempos.

O apresentador é dono de uma fortuna de aproximadamente 1 bilhão de reais (500 milhões de dólares), construída ao longo de uma carreira iniciada como office-boy, Gugu montou um império no qual figuram uma produtora de vídeo e tevê, 16 lojas que levam seu nome, um parque aquático e uma rede de postos de combustíveis.

+ Família

Gugu Liberato é filho de Maria do Céu e Claudino Augusto, ambos portugueses, e tem dois irmãos, a numeróloga Aparecida Liberato e o administrador de empresas Amândio Liberato, ambos mais velhos. Tem cinco sobrinhos: Rodrigo, Alice, Amanda, André e Alexandre, sendo dois filhos de Aparecida Liberato (Rodrigo e Alice) e três de Amândio Liberato (Alexandre, André e Amanda). No dia 10 de novembro de 2001, nasceu seu primeiro filho, João Augusto. Em 2003, nasceram as gêmeas Sofia e Marina, filhos que teve com a médica Rose Miriam Di Matteo.

+ Carreira

Gugu cursou Odontologia, porém, desistiu do curso após desentendimentos com um professor, que chegaram a agressões físicas que geraram um processo judicial, e com isso tentou a carreira de seminarista. Um ano após sua entrada no seminário, percebeu possuir talento para comunicação devido a vários elogios que recebia de seus professores padres por sua eloquência ao ler suas redações e fazer apresentações no seminário. Sua criatividade e empenho levaram Gugu a deixar o seminário e assumir um posto em frente às câmeras. Um de seus primeiros programas, em 1981, foi a Sessão Premiada paulista - a versão carioca era apresentada por Paulo Barboza. Em 1982 Sílvio Santos pediu que Nelly Raymond, uma importante diretora argentina, criasse um programa para os sábados a noite. Era o Viva a Noite, que no início era dividido em várias partes, e apresentado também por nomes como Ademar Dutra e Jair de Ogum[carece de fontes?]. Depois de algumas mudanças de formato, Gugu permaneceu sozinho no comando do programa, posteriormente dirigido por Homero Salles.

Depois do sucesso do grupo Menudo, que foi exaustivamente promovido pelo Viva a Noite em 1984, lançou grupos musicais brasileiros do mesmo formato, como Dominó e Polegar, se tornando um empresário de sucesso. Sua produtora, a GGP, é responsável pela gravação de comerciais, programas e séries.

Em agosto de 1987, no auge do sucesso do Viva a Noite, Gugu assina um contrato com a Rede Globo. Porém, no sábado de Carnaval de 1988, Sílvio Santos foi pessoalmente à sala do dono da emissora carioca, Roberto Marinho, no jornal O Globo, pedir a liberação do apresentador para permanecer no SBT. Sílvio iria se submeter a uma delicada cirurgia e fez uma proposta milionária a Gugu, oferecendo grande parte da programação dominical. Para se ter uma ideia, o salário do apresentador aumentou em dez vezes, fora os ganhos com publicidade. Gugu estreou nos domingos do SBT em 03 de abril de 1988, apresentando sozinho os programas: Passa ou Repassa e Cidade Contra Cidade. Gugu também dividiu com Sílvio Santos a apresentação do Roletrando. O maior sucesso, porém, veio com o Domingo Legal, programa de auditório criado para concorrer com o Domingão do Faustão, comandado por Fausto Silva na Rede Globo. A concorrência, em fins dos anos 1990, foi durante muito tempo favorável a Gugu, que encerrou a década com picos de 40 pontos de audiência.

Também atuou no cinema, ao lado das apresentadoras infantis Xuxa Meneghel e Angélica, do grupo Os Trapalhões e na música, Gugu lançou um álbum de estúdio nomeada de Gugu Para Crianças já vendeu mais de 100 mil cópias no Brasil, e sendo premiado com Disco de Ouro pela ABPD.