Louco Amor

1983

Louco Amor

Média geral 3.7
baseado em 48 votos
Sua avaliação:
salvando

A jovem e rica Patrícia é apaixonada por Luís Carlos, filho de Isolda, a empregada doméstica da família Dumont. Mãe e filho sempre moraram como funcionários na mansão do embaixador André e sua esposa, Renata Dumont, os pais de Patrícia. Um segredo do passado prende Isolda àquela casa e à sra. Dumont. No aniversário da moça, Luís Carlos é proibido de entrar no salão por Renata, que somente permite que ele guarde os carros e não se esqueça de sua condição social inferior.

Com essa situação de injustiça, nasce a raiva e a fúria que irá modificar inteiramente o relacionamento entre eles: Luís Carlos solta os cães, que invadem o salão e atacam André, o qual fica coxo em conseqüência dessa investida. Para impedir a união de Luís Carlos e Patrícia, Renata manda a filha para a Europa.

Seis anos depois, Luís Carlos fica sabendo que Patrícia vai voltar ao país. A partir daí, iniciam-se a história e o confronto entre dois mundos bastante diferentes. Patrícia retorna com um filho e é obrigada pela mãe a esconder a paternidade da criança. Enquanto isso, Luís Carlos se apaixona por Cláudia, antiga colega de faculdade, moça pobre e batalhadora, porém ambiciosa, e que se envolve por interesse com Lipe, filho dos Dumont. Mas Renata continua a lutar contra a união de sua família com pessoas de classe social inferior, e fará de tudo para impedir essa união, como já acontecera com sua filha.

Contudo, o alvo de Renata é também o seu velho cunhado Edgar (com seu bordão "E-E-E eu não sei?!"), que se apaixonou pela simplória manicure Gisela, a qual ele chama de Gisele. Contra as injustiças de Renata Dumont está Mouriel, amiga da família, uma mulher casada com um homem mais jovem, Guilherme, o proprietário da revista Stampa.

Estreia Brasil:
1983
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: