Os Doces Bárbaros

1978

Os Doces Bárbaros

Dirigido por:
Média geral 4.4
baseado em 348 votos
Sua avaliação:
salvando
104 minutos

A aventura dos Doces Bárbaros começa em 1976 quando Maria Bethânia, Gilberto Gil, Gal Costa e Caetano Veloso, em comemoração a 10 anos de carreiras individuais de sucesso, formam um conjunto que se apresentaria nas principais cidades brasileiras. Gil e Caetano compõem um repertório especial para a ocasião e, em junho daquele ano, Os Doces Bárbaros estréiam em São Paulo, no Palácio Anhembi, cujos quatro mil lugares mal conteve a multidão de fãs que a cada noite acorria ao teatro para assistir ao show dos Quatro Baianos. Tudo ia bem quando, após apresentações de igual sucesso em Campinas e Curitiba, o grupo se vê envolvido num incidente policial com a Delegacia de Tóxicos de Florianópolis que acabou provocando a prisão de Gilberto Gil e do baterista Chiquinho Azevedo. Uma angustiante luta se desencadeia para que os dois sejam libertados e o show possa continuar. O reinício finalmente se dá no Rio de Janeiro, na sala de espetáculos do Canecão que durante dois meses teve sua lotação esgotada todas as noites.O filme narra todas essas peripécias que foram noticiadas com destaque pela imprensa. Além do espetáculo da música e do show, o filme mostra o processo criativo dos artistas através de bem humorados, mas exaustivos ensaios. Mostra o relacionamento dos fãs com seus ídolos em filmagens realizadas na intimidade dos camarins. Mostra o tratamento que a imprensa dá às celebridades, sobretudo quando se trata de fatos que geram manchetes sensacionais. Mostra a Justiça e a Polícia em funcionamento através de entrevistas e registros realizados na delegacia e no tribunal. E revela, por fim, as atraentes personalidades desses quatro artistas de inesgotável talento e magia.

Estreia Brasil:
1978
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: