Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/brunoarruda/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > brunoarruda
29 years, São Caetano do Sul, SP (BRA)
Usuário desde Novembro de 2009
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Bruno

    Ponte dos Espiões, novo filme de Steven Spielberg, se trata de mais um filme político do aclamado diretor. E esse já é o terceiro seguido nessa temática, antes vieram Cavalo de Guerra e Lincoln. Cada um com suas particularidades, claro. Dessa vez, acompanhamos as aventuras, baseadas em fatos reais, de James Donovan em terras alemãs justamente enquanto era construído o muro de Berlim, durante a Guerra Fria.

    A parceria entre Spielberg e Tom Hanks vem de longa data com filmes como O Terminal e Prenda-me Se For Capaz. Nesse, o ator interpreta um advogado especialista em seguros que é designado pelo governo americano a defender um espião russo (Mark Rylance) preso em território americano. Acontece que ele leva o trabalho a sério e realmente defende o cara com unhas e dentes com o princípio do que se algum americano fosse preso na URSS, teria um julgamento justo também.

    E é aí que começa o sentimentalismo americano de serem os mocinhos do universo. “Olha aqui como nós tratamos bem os nossos prisioneiros”, poderia ser uma das falas do filme. Indo até o extremo oposto de mostrar o capturado americano (claro que seria capturado) sendo mal tratado, acordado com água na cara e tomando socos. O russo não. Nos EUA, mesmo preso, ele fuma, desenha e tem conversas filosóficas com o seu advogado.

    As duas horas e vinte de filme se arrastam para uma conclusão óbvia e bem sem graça. Mesmo sendo baseado em fatos reais, quem não conhece a história original já entende qual vai ser o final assim que começa o filme. Mas veja bem, isso não significa que o filme seja ruim. O roteiro dos irmãos Coen é muito bem escrito e conta com excelentes diálogos ao longo dele. As atuações também são boas e a direção é impecável. O trabalho de direção de arte e direção de fotografia pra criar a Alemanha construindo o muro de Berlim é muito impressionante e as cenas são de uma beleza rara.

    Uma pequena pausa aqui para salientar a ausência de John Willians na trilha sonora do filme. Por problemas pessoais, precisou se retirar da produção. E foi a primeira vez desde A Cor Púrpura que ele não faz a trilha sonora de um filme do Spielberg. Dessa vez a função caiu no colo de Thomas Newman, velho conhecido da indústria, conhecido por trilhas como WALL-E, 007 Skyfall e Um Sonhor de Liberdade.

    Apesar de sair da sala de cinema com uma cara de interrogação e esperando ansiosamente pela volta do Spielberg que fazia filmes de aventura divertidos como Indiana Jones, Hook e Jurassic Park, posso apostar que Ponte dos Espiões será indicado a pelo menos seis estatuetas do Oscar, incluindo melhor direção e melhor filme. Anotem na caderneta de vocês e me cobrem no futuro.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Deisiane
    Deisiane

    Oi, vc sabe em que posso encontrar os curtas da Pixar: o Sonho de Red e As aventuras de andre e wally ?

  • Thiérri Parmigiani
    Thiérri Parmigiani

    Vi metade do primeiro e alguns minutos do segundo! Tempo que jamais irei recuperar!