Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > retrofit
26 years (BRA)
Usuário desde Outubro de 2011
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

" People ask the question... what's a RocknRolla? And I tell 'em - it's not about drums, drugs, and hospital drips, oh no. There's more there than that, my friend. We all like a bit of the good life - some the money, some the drugs, other the sex game, the glamour, or the fame. But a RocknRolla, oh, he's different. Why? Because a real RocknRolla wants the fucking lot. " - Archie (RocknRolla)

Últimas opiniões enviadas

  • João Flávio

    "I did not hit her. It's not true, It's bullshit! I did not hit her, I did not... ... Oh, hi, Mark!"

    The Room, o filme com a visão mais inverossímel sobre as relações humanas. É justamente essa inverossimilhança que dá brilho para a obra. Planejado para ser um drama arrebatador, mas o resultado foi uma ótima comédia. Uma comédia que jamais poderá ser criada a partir do planejamento. The Room é uma criação bem sucedida do caos.

    "I'm tired, I'm wasted. I love you, darling."

    Temos vários filmes que são ruins, mas não nos cativam, e temos várias comédias bem sucedidas cujas piadas se desgastam com o tempo. The Room consegue nos cativar e suas piadas acidentais possuem efeito meme: duram e duram.

    "Hi, doggie!"

    The Room é um paradoxo presente em diversas esferas que moldam um filme, é um conjunto de contradições que convergiram para torná-lo um ícone do cinema, um exemplo que o acidente pode ser algo bom.

    "Ha, ha!"

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Flávio

    O filme estava fluindo bem, mas, quando chega no final, ocorre cada acontecimento que tira a seriedade do filme. Por exemplo:

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Sério que mesmo após a Débora descobrir que Baby é um criminoso de longa data e ver ele atirar à queima a roupa em outra pessoa na sua frente - sem mencionar que ele estava sendo perseguido por todo policial do estado por estar associado a roubos e a assassinatos -, ela ainda continuou apaixonada por ele a ponto de esperar por ele sair da prisão? Isso é uma carência que reflete uma depressão profunda ou uma atração sádica. Pelo amor de Deus, só em filme mesmo.

    Mas é um filme divertido. Só,

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • João Flávio

    Acredito que se os personagens fossem de fato mágicos com poderes sobrenaturais seria mais fácil de engolir a história. Para quem leu ou conhece algo de mágica ou de hipnose, esse filme vira uma excelente comédia.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para João Flávio.