filmow.com/usuario/tsouzsa/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > tsouzsa
24 years (BRA)
Usuário desde Junho de 2014
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Cinéfilo. Sci-Fi. Indie. ''Take a look, hesitate. Take a picture you could never recreate. Write a song, make a note for the lump that sits inside your throat. Change the locks, change the scene. Change it all but can't change what we've been.''

Últimas opiniões enviadas

  • Tom

    Eu gostaria de fazer uma observação sobre o episódio 08, onde mostra claramente uma relação cheia de falhas, que tem tudo para dar errado, mas que mesmo assim, Beck e Joe insistem em manter. Isso acontece tanto fora da ficção que me fez refletir pela 173762615 vez. Ainda não terminei a série e não vou dizer nada aqui a respeito do que a trama aborda, num geral. Então...

    Joe diz o tempo inteiro sobre os problemas de Beck, o que ele passou ao tentar ficar do lado dela. Tentou ignorar o tesão, mas logo foi pego com desculpas para justificar aquilo que estava sentindo de novo. E Beck - ou poderia apelidar quele ''serumaninho'' de furacão, cheia de problemas internos que ao invés de tentar resolvê-los antes, ficou com ciúmes do Joe e usou uma manipulação emocional para fisgar o cara, desta vez dando valor depois que perdeu.

    Ou seja... Por um lado; um cara feliz, aparentemente realizado com outra pessoa, mas que não conseguia se contentar com isso, usando a falta de algo (no pior sentido) para justificar seu término. Do outro, uma mulher dependente de outra pessoa, que simplesmente não consegue se manter estável (não que o Joe consiga) e precisa de um apoio. Em ambos os lados, se trata de usar um ao outro. Não é gostar, tão pouco amor. Além de doença, é também uma ilusão.

    O ser humano tem essa mania de buscar pelo que é difícil; o tal instinto de caça, sobrevivência. Ou busca pelo que serve de apoio; como aquela pequena pilha de livros usada para substituir a perna de uma cama quebrada. É insano perceber que 90% dos relacionamentos se trata disso. As pessoas vivem buscando algo umas nas outras, sendo que deveriam buscar e encontrar em si mesmas. Está ali, tão perto, o tempo todo consigo, e cometem burrada atrás de burrada para no final lamentarem dizendo que o amor não existe. É loucura! A frustração começa quando você busca em outra pessoa o que já deveria estar em você.

    Vamos valorizar mais o que realmente é bom, meu povo. O que nos faz bem. E se sentirem vontade de correr atrás de um Joe ou Beck da vida, passem num psicólogo antes!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Tom

    ultimato
    substantivo masculino
    1.
    num processo de negociação diplomática, exigência, pedido ou proposta final cuja rejeição acarretará o fim das conversações e o uso de uma ação direta.
    2.
    na guerra, comunicado enviado por um chefe militar ao inimigo exigindo rendição imediata, sob ameaça de obtê-la por meios mais violentos.
    3.
    POR EXTENSÃO
    declaração final e irrevogável.
    4.
    JURÍDICO (TERMO)
    no direito das sucessões, disposições que alguém faz em vida, para serem respeitadas APÓS A MORTE.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Jonathan
    Jonathan

    opa, bora!! kk

  • Lucas
    Lucas

    Eae, Tom. Estou maratonando os filmes do Oscar, Queria ter mais tempo pra assistir filmes mais conceituais como o Kynodontas, mas está difícil, hahahahahha!! Ótima semana pra ti tbm!

  • Elton Rodrigues Faria
    Elton Rodrigues Faria

    Valeu cara, te adicionei pq curti seus comentários. Tava vendo os filmes que você marcou como "quero ver" pra ter uma noção, Blade Runner 2049 vale muito a pena, Baby Driver vi recentemente e é show, e um dos meus favoritos Into The Wild. To aberto a sugestões também, vlw flw!

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.