filmow.com/usuario/willianschutz/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > willianschutz
19 years Florianópolis - (BRA)
Usuário desde Maio de 2017
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Willian Schütz

    Eu gosto muito mais do tipo de suspense utilizado no primeiro filme: tem bem menos mortes, mas elas são mais dramatizadas - ao ponto de você esperar ainda mais tenso a ação acontecer. Essa continuação é mais agressiva no quesito fotográfico da coisa, mas não me agrada tanto, fazendo com que as mortes fiquem muito mais banalizadas e previsíveis.
    Gosto do modo como no primeiro filme o Michael cria tensão lentamente nas suas vítimas ao mesmo tempo em que o espectador não abe bem ao certo como será o assassinato - e até, em alguns momentos, se pergunta se vai acontecer ou não.
    Essa sequência é divertida, mas não agrega muito (exceto de explorar mais a Laurie, o que eu gostei, e o doutor Loomis) poderia ser melhor trabalhada.
    Eu, pessoalmente consideraria o primeiro Halloween um dos melhores filmes de terror já feitos, se as considerações envolvendo a motivação do Michael que são explicadas no 2 tivessem sido apresentadas no antecessor, e se o Michael tivesse morrido no final do primeiro longa.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Willian Schütz

    Eu gosto dos dois, e não sei o motivo de tentar escolher um só. Os Beatles se funcionavam perfeitamente como um conjunto - nenhum era nem pior, e nem melhor do que o outro. Mas...apesar disso tudo, eu me identifico mais com o McCartney. :)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Willian Schütz

    É interessante como o protagonista (Chiron) é bem trabalhado, e colocado na pele de três atores diferentes, que têm o mesmo espaço para trabalhar.
    O filme é bastante técnico: tem alguns takes maravilhosos em que a câmera é segurada em mãos; filmagem giratória; alguns enfoques com belos fundos leitosos (macios)... Mas nada de inovador tecnicamente, mesmo sendo visualmente bonito.
    A proposta do filme, e o enredo, também são interessantes. O problema, é que o roteiro não é explorado com força total, mesmo com toda a poesia por trás dos acontecimentos e personagens principais. Parece que a maioria dos eventos-chave do longa são meros "McGuffin's" - ferramentas para ligar situações -, justamente por parecerem forçados. A temática por trás do filme contribui para o enriquecimento das nuances do mesmo... mas Moonlight não é nem um filme extraordinário.
    O longa trata sobre auto-aceitação, e ganha força com suas abordagens delicadas, mas qualquer situação de negligência poderia ser encaixada aqui.
    Vale lembrar que a questão das drogas é colocada de forma muito inteligente - que, talvez tenha sido uma das melhores colocações do roteiro, juntamente da sutileza que permeia boa parte dos reais argumentos da trama.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.