Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Aracy Cardoso

Aracy Cardoso

Nomes Alternativos: Aracy Cardoso Fróes

5Número de Fãs

Nascimento: 17 de Junho de 1937 (80 years)

Falecimento: 26 de Dezembro de 2017

Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - Brasil

Aracy Cardoso Fróes (Rio de Janeiro, 17 de junho de 1937 - Rio de Janeiro, 26 de dezembro de 2017) , mais conhecida como Aracy Cardoso, foi uma atriz brasileira.

Participou de novelas importantes da TV Globo como Fogo Sobre Terra, À sombra dos Laranjais, Água Viva, Final Feliz, A Gata Comeu, Mandala e De Corpo e Alma. Sua mais recente novela foi Sol Nascente em 2017, onde interpretou a Dona Laís.

Aracy Cardoso Fróes foi filha de uma cantora de ópera, começou sua carreira no teatro passando depois para a televisão.

Sua primeira novela foi em 1965, na TV Excelsior de São Paulo. Na emissora paulista interpretou papéis de mocinha em várias produções, com destaque para A Indomável, adaptação da peça A Megera Domada, de William Shakespeare, feita por Ivani Ribeiro. Na TV Excelsior atuou também em Os Quatro Filhos, Sublime Amor e O Direito dos Filhos. Ainda nos anos 1960 participou da novela Anastácia, a Mulher sem Destino na Rede Globo e Ana, na Rede Record. No início dos anos 1970 participou de novelas da TV Tupi, como As Bruxas e A Revolta dos Anjos até sua volta para a Rede Globo em 1974 para um importante papel em Fogo Sobre Terra. A partir de então participou de dezenas de trabalhos na emissora em papéis importantes como em À Sombra dos Laranjais, Vejo a Lua no Céu, Memórias de Amor e Água Viva.

Um de seus trabalhos mais memoráveis foi a simpática governanta Zazá em A Gata Comeu, de Ivani Ribeiro em 1985. Na trama ela trabalhava com o protagonista Fábio, vivido por Nuno Leal Maia, e era considerada da família.

No cinema participou de uma dezena de filmes, entre eles: A Hora do Galo, O Homem Nu, Eros, Teus Olhos Castanhos, Depois do Carnaval, A Rosa dos Ventos e Destino em Apuros.

Teve também uma rápida passagem pela Rede Manchete no ano de 1990, mas voltou à TV Globo no ano seguinte, permanecendo na emissora até 2004. Em 2005 afastou-se temporariamente do trabalho após sofrer um infarto do miocárdio. Totalmente recuperada, em 2009 passou a integrar o cast da TV Record.

Discreta em relação à sua vida pessoal, Aracy Cardoso foi casada com o diretor e produtor Ibañez Filho.

Em 2013 integrou o elenco do remake Dona Xepa na Rede Record onde deu vida a governanta Alda. Após 4 anos afastada da televisão e 12 anos afastada da Rede Globo, a atriz fez uma participação especial em Sol Nascente, novela das seis de Walther Negrão, Suzana Pires e Júlio Fischer.

Aracy morreu em 26 de Dezembro de 2017, no Rio de Janeiro. Estava internada havia um mês no Hospital São Lucas, em Copacabana, Zona Sul do Rio, tratando de vários problemas de saúde. Entre eles, o coração e problema nos rins. Deixa duas filhas: Bia e Patrícia.

Cônjuge: Ibanez Filho (a 2006)

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.