Flordelis - Basta uma Palavra para mudar

2009

Flordelis - Basta uma Palavra para mudar

Média geral 2.8
baseado em 96 votos
Sua avaliação:
salvando
100 minutos

No início dos anos 90, o tráfico de drogas já se mostrava presente no Rio de Janeiro, aliciando menores. Neste contexto de guerra urbana surge Flordelis, professora pública criada na favela do Jacarezinho, Rio de Janeiro, e que nas madrugadas de sexta-feira andava sozinha pela favela procurando crianças e adolescentes para entender o motivo de terem optado pelo caminho das drogas e do crime.

Em uma madrugada depois do carnaval de 1994, houve Central do Brasil uma chacina provocada por um grupo de extermínio, contratados para assassinar meninos de rua. Naquela noite, houve crianças mortas e as outras 37 que escaparam resolveram pedir ajuda para esta tal FlordeLis. Nesta época a professora já morava com cinco adolescentes que tinham desistido do mundo do tráfico. Mas o que ela poderia fazer com outros tantos meninos e meninas que a imploravam por um novo lar? Flor não pensou duas vezes, acolhendo-os de uma só vez em sua casa.

Após 15 anos, muitas histórias surpreendentes marcaram a trajetória desta mulher, algumas delas presentes no filme "Flordelis - basta uma palavra para mudar". Entre elas, algumas se destacam como quando achou uma de suas atuais filhas ainda recém-nascida abandonada no lixo da Central do Brasil. Ela a encontrou levada pela mãe biológica da menina que, arrependida, procurou Flor para contar que havia abandonado o bebê.

Outros momentos importantes são contados pela voz das crianças. Seus depoimentos são narrados por atores conhecidos do público que incorporam esses personagens reais e suas histórias. Entre eles, a época em que Flor foi perseguida pela polícia por não ter autorização legal da guarda das crianças, a ajuda recebida do sociólogo Herbert de Souza (Betinho), a festejada adoção legal autorizada pelo juiz Ciro Darlan, as ameaças de morte e o filho ex-gerente do tráfico que se regenerou e atualmente conclui a faculdade de Direito.

Para ter sua vida mostrada nas telas de cinema, Flordelis contou com a ajuda de pessoas que se comoveram com sua história de superação, entre elas Marco Antônio Ferraz, até então editor de moda e que assina pela primeira vez a direção de um filme ao lado do novo cineasta Anderson Corrêa. Ferraz foi o responsável por divulgar o projeto entre atores e apresentadores que fizeram questão de integrar o elenco do longa-metragem.

Atualmente Flordelis tem 50 filhos (quatro deles biológicos) de 2 a 34 anos, sendo que 44 deles ainda morando com ela. A família vive em uma casa de nove cômodos em Niterói alugada e mantida através de doações. Apesar de poucos recursos financeiros a ex-professora continua ajudando crianças através do instituto que leva seu nome. O objetivo do longa-metragem é a compra de uma casa para a Flordelis e seus filhos até então alugada e mantida através de doações. Posteriormente, a verba será destinada ao Instituto Flordelis de Apoio ao Menor (IFAM) através de cursos profissionalizantes, reabilitação de crianças e jovens drogados e de menores abusados sexualmente.

Estreia Brasil:
9 de Outubro de 2009
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: