Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/arthur_dias/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > arthur_dias
23 years, Uberlândia (BRA)
Usuário desde Fevereiro de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Arthur

    PROJETO: 100 FILMES COMENTADOS EM 2018 ( 020 / 100 )

    "What kind of fuck you give me?"

    Essa é realmente uma ótima oportunidade de estrear a sua lista de "Não Quero Ver". Não a desperdice.

    Rosas gigantes: 4,2 / 10

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Arthur

    PROJETO: 100 FILMES COMENTADOS EM 2018 ( 019 / 100 )

    "Há poucas coisas mais heroicas no mundo do que ser pai... Quando se faz direito!"

    Os Incríveis 2 era um dos filmes que eu mais aguardava para este ano e, infelizmente, agora ele é uma das maiores decepções até então. O primeiro filme está entre as minhas animações favoritas, e não só por causa da minha impressão enquanto criança: todos os personagens tinham profundidade, o vilão tinha uma motivação plausível e o roteiro era sólido. As minhas maiores críticas a esse segundo filme se inserem exatamente nessas três qualidades que o seu predecessor apresentou.
    Nem todos os personagens são aprofundados aqui, mesmo isso sendo mais fácil em uma continuação do que em um filme de origem. O Flecha, por exemplo, é reduzido a um pirralho enjoado, e o Gelado tem ainda menos para fazer nesse filme, mesmo tendo mais tempo de tela.
    O vilão é provavelmente o mais fraco de todos os filmes da Pixar, se encaixando na história apenas como uma justificativa para um twist previsível; e se tem uma coisa que sua motivação não é, é plausível.
    E, enfim, o roteiro. Assim como no primeiro, esse filme fala muito de relações familiares e tem um subtexto fácil de absorver sobre as funções retrógradas de pais e de mães em uma família, mas o eixo principal da narrativa simplesmente não faz sentido. Ainda é bom de acompanhar, afinal são os Incríveis de volta à ação, mas tudo se baseia mais na nostalgia do que na narrativa que está sendo contada.
    Como eu disse, Os Incríveis é uma das minhas animações favoritas, então eu não posso finalizar essa crítica sem antes destacar alguns pontos positivos também. Como já deve dar para perceber pelos comentários abaixo e, certamente, também acima do meu, o Zezé rouba a cena e é o melhor personagem do filme. A forma como os poderes de cada um são explorados, em especial o da Mulher-Elástica, são extremamente criativos; essa inclusive é a maior vantagem de um filme animado de super-heróis sobre um live-action: os poderes podem ser explorados até onde a imaginação quiser. E a inversão de padrões de gênero se encaixa muito bem à história contada: a própria sinopse já revela uma dessas inversões, mas elas estão ao longo de todo o filme, sendo representadas em quase todas as personagens femininas.

    Trajes: 6,8 / 10

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Arthur

    PROJETO: 100 FILMES COMENTADOS EM 2018 ( 018 / 100 )

    "– Isso nem sequer é humano!
    – Se não fizermos nada, nós também não somos."

    Talvez seja falta de sensibilidade da minha parte, mas eu esperava bem mais do del Toro nesse filme. O subtexto contra a intolerância e a discriminação é forte e fácil de absorver, mas o roteiro em si deixa muito a desejar. Além de a história ser muito previsível (o que não chega a ser um problema, já que é bacana de acompanhá-la), os personagens são bastante caricatos (e isso sim é um problema). Achei os personagens da Octavia Spencer e do Richard Jenkins bem rasos (nem entendi as indicações ao Oscar que eles receberam, inclusive) e o vilão também é bem unidimensional (e esse é o ponto que mais me entristece, porque o Capitão Vidal, de O Labirinto do Fauno, é um dos meus vilões favoritos do cinema).
    Comentando sobre as 13 indicações que o filme recebeu: achei exagerado, como talvez já tenha dado pra perceber, pelo meu texto, mas algumas são muito justas e inclusive têm a minha torcida para levarem a estatueta. A principal é a indicação da Sally Hawkins (embora se a Frances McDormand levar eu vou ficar feliz também), e eu queria ver o Guillermo del Toro subindo no palco pelo menos uma vez, então ele poderia ganhar como melhor diretor ou como melhor roteiro original (mas apenas um dos dois, porque o outro é do Jordan Peele). Também vou achar merecido se levar melhor trilha sonora original (mesmo eu torcendo bastante pro Hans Zimmer), melhor fotografia e mais um ou outro prêmio técnico que eu não vou saber avaliar.

    Ovos cozidos: 6,3 / 10

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • muris
    muris

    Eu queria dizer que achei GENIAL a maneira que você faz as suas avaliações, baseado nas características predominantes de cada filme. Muito criativo! :)

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/