Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/arthureloy/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > arthureloy
16 years Campo Bom - (BRA)
Usuário desde Junho de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Minha lista de favoritos: https://filmow.com/listas/meu-top-150-l91868/

https://www.facebook.com/arthur.eloy.14

"- Pare! Qual é o seu nome?
- Rei Arthur, Rei dos Bretões
- E o que procura?
- Procuro o Cálice Sagrado
- Qual é a velocidade de uma andorinha sem carga?
- Como assim? Uma andorinha africana ou europeia?"

Últimas opiniões enviadas

  • Arthur

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    "- Isso é contra a lei.
    - Então a lei é contra o meu coração."
    ___________________
    A história de Jesus Cristo sempre parecera algo muito futilizada para mim, e creio que para demais pessoas que não possuem fé. Na escola e em casa, é-se ensinado somente que Jesus nasceu do ventre de uma virgem e que multiplicava os pães; tornando, assim, toda a imagem de um messias como a de alguém que não carrega consigo, realmente, convicções, ensinamentos e, acima de tudo, a palavra de um Deus. Nessa obra, o Scorsese trata o assunto dos feitos de Jesus, pela primeira vez (já que ninguém lê a Bíblia), como um assunto sério. Algo pesado, com grandes reflexões filosóficas e destinadas a adultos. O próprio messias, no filme, declara que não é um animal treinado e nem um mago para sair fazendo milagres para qualquer um observar. Aqui, vemos um Jesus que, após o assassinato de João, se revolta contra o sistema e percebe que, com um mundo injusto e pecador, o amor - que, antes, era o alicerce dos seus ensinamentos - não é suficiente para libertar a todos do pecado. Com isso, podemos trazer a figura de Jesus para a nossa vida real e cotidiana, pois isso afasta-o de toda a mística que cerca sua história. Os cristãos, que tanto odeiam o Scorsese por esse filme, deveriam observar melhor e perceber que, justamente, essa obra consegue mostrar um Jesus Cristo genuinamente útil. Mostrando que ele era somente alguém que sabia o que era preciso para que o mundo melhorasse; tratando-o como um simples ser-humano (hoje, esse ponto de vista pode até parecer clichê, mas em 1988, realmente, deve ter sido um baque reflexivo). Tão humano, que, quando descobre que não é o messias enviado por Deus, fica infinitamente aliviado e consegue, assim, ficar em legítima paz. Infelizmente, no mundo polarizador e ignorante em que vivemos, um sábio desses precisa saber transformar água em vinho para ser notado e ouvido.
    ____________________
    Nota: 4,7/5

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Arthur

    "É preciso fingir. Quem é que não finge nesse mundo, quem? É preciso dizer que tá bem disposto; é preciso dizer que não tá com fome; é preciso dizer que não tá com dor de dente; é preciso dizer que não tá com medo, senão não dá, não dá. Nenhum médico jamais me disse que a fome e a pobreza podem levar ao distúrbio mental, mas quem não come fica nervoso; quem não come ou vê seus parentes sem comer pode chegar à loucura. O desgosto pode levar à loucura, uma morte na família, o abandono do grande amor. A gente até precisa fingir que é louco sendo louco. Fingir que é poeta sendo poeta."
    ______________________
    Nota: 4,4/5

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Arthur

    "Realmente, a situação no Brasil é desagradável; a situação do preso é a situação mais ruim que tem. Como é que eles querem que um preso se regenere? Como eles querem que o Brasil seja menos violento? Tratando os preso assim, mermão? Os preso não vai sair legal pra rua, não, mermão. A tendência é piorar, é sair roubando e matando cada vez mais, amigo. Eu, por exemplo; eu tô preso numa cadeia que eu já venci a condicional, já venci semi-aberto, já venci aberto e continuo preso. Porra, a coisa tá louca mesmo, no Brasil, nada funciona, só quer saber de eleição. A realidade é muito triste, amigo. O que vocês tão vendo aqui não é nem um terço da realidade. As coisa que a gente passa aqui, amigo... as coisa que a gente passa aqui é tipo tá no inferno. Melhor seria até morrer do que tá aqui; essa é a verdade, a verdade é essa. Melhor seria tá morto do que tá preso!"
    ____________________
    A escolha de representar essa história em formato documental foi realmente perfeita e genial. Uma história dessas não pode ser mostrada, de maneira alguma, com atores num set. É tudo cru e cruel, deixando as interpretações dos fatos empíricos apenas ao espectador.
    Nota: 4,4/5

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marcello
    Marcello

    Ah valeu cara. Também costumo fazer assim, assisto de todos os gêneros, épocas e países, gosto de conhecer as coisas. Tenho um interesse maior por filmes de terror, suspense e drama, mas curto todos os gêneros de modo geral. E não me prendo a filme novos, prefiro muito mais conhecer os das décadas antigas.
    Grande abraço, boa semana.

  • Marcello
    Marcello

    Fala Arthur, tudo bem?
    Seja bem vindo!
    Curte mais que gêneros de filmes cara?
    Abraço.

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/