Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > coldfer
(ZAF)
Usuário desde Novembro de 2009
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

TAGS ABOUT ME: surrealismo; distopia; alternativo; nonsense; humor negro; bizarro; europeu, Grécia, Polônia, Romênia, Hungria
===================================================================================================================== escrevo aqui também: https://cinese7e.wordpress.com/

Últimas opiniões enviadas

  • Marcelo DiColdfer

    Inicialmente depois de uma abertura maravilhosamente sangrenta (uma das melhores dentro do gênero) o filme parece totalmente sem propósito com muita correria e bizarrice se atropelando sem sentido. E só as poucos é que fui me dando conta de que estava assistindo um projeto à beira da genialidade.
    Definiria “The Chassing World como um ensaio sangrento sobre a mulher (no caso aqui japonesa, mas a linguagem é universal) coagida pela figura masculina como num jogo perpétuo.
    Não entendo como demorei tanto pra ver o filme, pois ainda na metade dele já estava gritando: genial

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marcelo DiColdfer

    Confesso que a escuridão do filme me incomodou um pouco, mas até ela é justificável neste notável trabalho independente que parte de uma premissa bem louca mas não a ponto de impossibilitá-la de um dia ser real. A trilha sonora meio fora de sincronia serve para traduzir a desestabilidade da personagem. Já Michelle Pfeiffer e Kiefer Sutherland estão como exigem o roteiro: figuras tristes e apagadas.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marcelo DiColdfer

    Se em Martyrs, o diretor executava a violência gráfica por um motivo perturbador e mais interessante, aqui em seu novo filme é o “choque por choque” mesmo, de graça e sem nenhuma boa explicação. A produção é bem caprichada, mas não foge dos chavões dos velhos filmes do gênero como sustos pelo buraco da fechadura e muita violência gratuita. Com bons filmes no currículo, eu esperava do diretor, algo do mesmo nível ou menos banal.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nan
    Nan

    Sim, sim, grato pela atenção.
    :)
    Acompanho também seus comentários. Gosto da forma como interpreta os filmes.
    Abraço.

  • Nan
    Nan

    Ei! Amei o site que tem na sua bio. arrazou!

  • Jessy In Chains
    Jessy In Chains

    Tu tb não gostou de As boas maneiras?
    Um pena ter atuações amadoras e um desenvolvimento arrastado.