Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Dolores del Río

Dolores del Río

Nomes Alternativos: Dolores Ansunsolo | Dolores Martínez Asúnsolo y López Negrete

12Número de Fãs

Nascimento: 3 de Agosto de 1904 (78 years)

Falecimento: 11 de Abril de 1983

Victoria de Durango - México

Foi uma atriz mexicana. Ela foi educada no Convento de São José, no México, e por sua bela voz, foi mandada, por seus pais, para aprender canto em Paris e depois para Madri. Iniciou no cinema em 1925 (cinema mudo), alcançando a popularidade devido ao seu fascínio e a sua vigorosa personalidade.
Ela foi a precursora do uso de maiô de duas peças no cinema, em 1933, no primeiro filme estrelado por Fred Astaire. Mas a atriz reclamava que os produtores e diretores norte-americanos não lhe davam papéis interessantes e que só ao voltar para o México no final da década de 40, teve suas melhores oportunidades.
Era de uma beleza notória e mesmo aos setenta anos, não tinha rugas. Sua pele lisa e o brilho dos cabelos sempre causaram inveja às grandes estrelas de Hollywood. Dizia que o segredo de sua juventude era dormir de 10 a 12 horas por dia, não tomar álcool, não comer alimentos gordurosos e uma vez por semana alimentar-se apenas de cenouras, suco de laranja e limão.
Em 1946, já no México ela realizou seu maior sucesso no cinema, "Maria Candelária" que recebeu o prêmio de melhor filme no Festival de Cannes.
Foi uma mulher muito rica e culta, se casando três vezes, não quis ter filhos por causa do trabalho.

Cônjuge: Lewis Riley (de 1959 a 1983), Cedric Gibbons (de 1930 a 1941), Jaime Del Rio (de 1921 a 1928)
Pais: Antonia Lopez-Negrete, Jesus Leonardo Asúnsolo Jacques