República

1989

República

Dirigido por:
Média geral 3.8
baseado em 2 votos
Sua avaliação:
salvando

Em 1989, comemorava-se o centenário do nascimento da República no Brasil, e o povo voltava a escolher pelo voto direto o seu presidente. Nessas circunstâncias, a TV Globo lançou a minissérie República, que buscou mostrar de forma linear e com preocupação quase didática a conspiração tramada nos bastidores do poder imperial para a proclamação da República, iniciada quando militares rebelados aliaram-se a políticos da oposição e, em 15 de novembro de 1889, acabaram por depor D. Pedro II, pondo fim à monarquia no Brasil.

As causas preponderantes no processo de proclamação da República são retratadas na minissérie, desde a abolição – com a qual o imperador perde sua mais sólida base de apoio – até o centralismo econômico e administrativo do governo imperial – que resulta numa reivindicação republicana na região Centro-Oeste do país –, culminando com a rebelião militar que envolve federalistas, senhores de escravos e republicanos.

A minissérie ressalta a falta de participação e envolvimento popular no episódio. A população assistiu indiferente aos acontecimentos políticos. Entre os personagens que representam o povo, destacam-se Patápio dos Prazeres (Grande Otelo) – um negro velho, bondoso e já aposentado, que só pensa em deixar para o filho um emprego público que lhe garanta a sobrevivência – e Lucas Tavares (Luiz Antonio Pilar), negro alforriado e pacifista. A monarquia é representada por D. Pedro II (Carlos Kroeber), pela princesa Isabel (Tereza Rachel) e o Conde D’Eu (Odilon Wagner). Entre os militares estão o marechal Deodoro da Fonseca (Castro Gonzaga), apresentado como massa de manobra para os interesses republicanos, Benjamin Constant (Mauro Mendonça), o general Floriano Peixoto (Cláudio Cavalcanti) e o capitão Mallet (Telmo de Avelar). A burguesia é representada pelo Dr. Alberto Gusmão (Otávio Augusto), médico do general Deodoro da Fonseca, sua esposa Margarida (Nívea Maria) e a filha Dora (Sandra Annenberg).

Simultaneamente à história política, há a história de amor de Lucas e Dora, que se envolvem mesmo sem a aprovação do pai da jovem.

A minissérie era uma produção da Rede Globo em parceria com a produtora independente Cininvest e Avan Produções.Uma estrutura única de produção foi criada para as gravações de República e Abolição, uma vez que as duas séries se passam em cenários semelhantes e têm personagens em comum. Alguns atores participaram das duas produções, interpretando os mesmos personagens, como, por exemplo, Luiz Antonio Pilar, Tereza Rachel, Odilon Wagner, Carlos Kroeber, entre outros.

Estreia Brasil:
14 de Novembro de 1989
Outras datas

Elenco de República

Mais
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: