Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Walter Avancini

Walter Avancini

Nomes Alternativos: Walter Nunciato Abreu Avancini

11Número de Fãs

Nascimento: 18 de Abril de 1935 (66 years)

Falecimento: 26 de Setembro de 2001

São Caetano do Sul, São Paulo - Brasil

Foi um escritor, autor e diretor de telenovelas e minisséries. Era também pai da atriz Andréa Avancini, do diretor de novelas Alexandre Avancini e do artísta plástico Otávio Avancini.

Um dos mais inovadores e criativos diretores da história da televisão brasileira, Walter Avancini foi o responsável pela condução de verdadeiros clássicos da teledramaturgia como A Deusa Vencida (onde lançou Regina Duarte e Ruth de Souza), As Minas de Prata, Selva de Pedra, O Semideus, O Rebu, Gabriela, Saramandaia, Nina, Xica da Silva, O Cravo e a Rosa, além de minisséries e especiais históricos, aclamados no Brasil e no exterior, como Morte e Vida Severina, A Morte e a Morte de Quincas Berro D'Água, Avenida Paulista, Moinhos de Vento, Anarquistas, Graças a Deus, Rabo de Saia, Grande Sertão: Veredas, Memórias de um Gigolô, Chapadão do Bugre, entre muitos outros. Dono de um espírito inquieto, acreditava que a televisão não era apenas um veículo para histórias-padrão produzidas em ritmo industrial, mas sim um dos mais poderosos meios de nossa expressão cultural, como conseguiu demonstrar através de seus inúmeros e brilhantes trabalhos. Trabalhou também em Portugal, onde dirigiu a telenovela A Banqueira do Povo.

Seus últimos trabalhos em telenovelas foram na Rede Manchete onde lançou vários atores brasileiros como Giovanna Antonelli, Taís Araújo, Murilo Rosa, entre tantos outros. Foi ele também que viu na atriz Drica Moraes a possibilidade de uma grande vilã na novela Xica da Silva.

Walter morreu em 2001, vítima de câncer de próstata, deixando inacabado o trabalho na novela A Padroeira, concluído por Roberto Talma.