Sex Appeal

1993

Sex Appeal

Dirigido por:
Média geral 3.2
baseado em 78 votos
Sua avaliação:
salvando

A trama fez enorme sucesso entre os jovens e revelou as “meninas” Luana Piovani que vivia a aspirante a modelo Angel, Camila Pitanga, Carolina Dieckmann e Danielle Winits.

O pano de fundo da história era o romance do lutador de boxe amador Tony (Nico Puig, até então desconhecido do público) com a bela Angel.

O amor dos dois era abalado pela crise vivida por Tony, sempre às voltas com os problemas do irmão, Júlio (Felipe Folgosi), viciado em drogas.

Além do núcleo jovem, havia um mistério: Angel era perseguida por um homem desconhecido (Dennis Carvalho).

Assustada com o possível perigo, Margarida (Elizabeth Savalla), mãe da modelo, contrata um detetive (Mario Gomes), com quem acaba se envolvendo.

O lado comercial e pouco glamuroso da moda era retratado nas figuras de Edgar (Walmor Chagas) e Cecília (Cleyde Yáconis).

Donos da agência Sex Appeal, eles eram inescrupulosos e só pensavam nos lucros e nas aparências, mantendo um casamento de fachada durante anos.

Desse núcleo, participava também Betty Lago, consagrada como modelo e que havia estreado na TV um ano antes, na minissérie “Anos rebeldes”.

Ela fazia o papel de uma top veterana e apresentou o concurso final das modelos, que deu o prêmio à Angel.

O tema de abertura também foi sucesso na ocasião, com a música “Todo amor é bom”, do extinto grupo feminino Lilith, em que figurava a ex-globeleza Valéria Valenssa.

Estreia Brasil:
1 de Junho de 1993
Outras datas
Denunciar algo errado
Em DVD
Trailers
Fotos
  • Nenhuma foto cadastrada.

Comentar: