Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Lília Cabral

Lília Cabral

Nomes Alternativos: Lília Cabral Bertolli Figueiredo

693Número de Fãs

Nascimento: 13 de Julho de 1957 (59 years)

São Paulo, São Paulo - Brasil

Lilia é brasileira, filha de pai italiano, Gino Bertolli, e mãe portuguesa, Almedina Cabral, que é natural de São Miguel, Açores. Vive no Rio de Janeiro há mais de vinte anos. Começou a carreira atuando no teatro, com a peça Feliz Ano Velho, baseada em um livro de Marcelo Rubens Paiva.

Estreou na televisão, em 1981, com a novela Os Adolescentes, escrita por Ivani Ribeiro e produzida pela Rede Bandeirantes.

Em 1984, transferiu-se para a Rede Globo para atuar em Corpo a Corpo, de Gilberto Braga, e lá permanece até hoje.

Em 1988, atuou no grande sucesso Vale Tudo de Gilberto Braga e Aguinaldo Silva. Ela deu vida a divertida e sofredora secretária Aldeíde Candeias, na qual sofria nas mãos do patrão Marco Aurélio, vivido por Reginaldo Faria, entretanto no meio da trama ela conseguia casar com um homem muito bom e muito rico, acabava ficando viúva e passava a fazer de tudo para aparecer nas colunas sociais.

Em 1989, viveu a beata Amorzinho no grande sucesso de Aguinaldo Silva, Tieta.

Em 1995, iniciou uma série de boas atuações na TV, quando participou de História de Amor, como a neurótica Sheila, ex-esposa do médico e protagonista da história, Carlos, papel de José Mayer.

Depois, participou de Anjo Mau, como Goreti, em 1998, interpretou a perua Verena da novela Meu Bem Querer, e em 1999, foi a mãe de Tati, a protagonista da primeira temporada da novelinha teen Malhação, como Colégio Múltipla Escolha.

Em 2000, colheu elogios pelo seu excelente trabalho na novela Laços de Família, como Ingrid, mulher do interior, que após a morte do marido, muda-se para a cidade e acaba morta em um assalto, na frente da própria filha, a problemática Íris, personagem de Débora Secco.

Em 2001, viveu a perua Daphne da novela Estrela Guia. No ano seguinte, despontou em Sabor da Paixão, como a bondosa Edith.

Em 2003, participou de Chocolate com Pimenta, como a vilã cômica Bárbara. Posteriormente, integrou o elenco de Começar de Novo, como Aída, dona de um famoso spa.

Em 2006, foi a antagonista principal de Páginas da Vida, a insensível Marta. Pela sua brilhante atuação ganhou o trofeu imprensa de melhor atriz daquele ano, e foi tambem indicada ao Emmy de 2007, na categoria de melhor atriz.[1] Porém perdeu a estatueta para a atriz francesa Muriel Robin, por sua participação em Marie Besnard - The Poisoner.[2]

Em 2008, viveu mais um papel de grande impacto em sua carreira. Em A Favorita, de João Emanuel Carneiro, deu vida a sonhadora e também sofredora Catarina.

Foi casada com João Henrique Jardim. Atualmente, mantém um casamento com o economista Iwan Figueiredo, pai da sua única filha, Giulia.

Em 2009 estreou o filme Divã, no qual interpretou a protagonista Mercedes, o filme teve boa recepção nacional e chegou a faturar mais de dois milhões de reais nos cinemas. Depois realizou mais um papel de destaque na Globo, como a ex-modelo Tereza de Viver a Vida, que emocionou a todos com o sofrimento ao ver a filha Luciana de Aline Moraes ficar tétraplegica, pela sua brilhante interpretação recebeu mais uma vez o premio de melhor atriz daquele ano, pelo troféu imprensa.Ela irá ser protagonista da próxima novela das 9 Fina Estampa,que substituirá insensato coração.Ela será Griselda Pereira,que formará um triângulo amoroso com Dalton Vigh e Crhistiane Torloni.