Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > ccolira
28 years São Paulo - (BRA)
Usuária desde Junho de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Cíntia Lira

    Como eu temia, Gilmore Girls é algo que não deveria ter sido tocado. Infelizmente a ganância sempre fala mais alto, e pra mim mataram a essência da história e muitos personagens. Eu vou fingir que não vi isso e tentar imaginar os personagens de acordo com a direção que eles estavam tomando no final da sétima temporada, exceto talvez pelo Dean e pelo Jess, que tiveram uma evolução satisfatória (só acho que o Jess merece muito mais do que a nojentinha).

    Na minha última maratona eu já estava extremamente incomodada com a gordofobia da série, especialmente da Lorelai (o que foi um choque notar, depois de ter assistido em diferentes pontos da minha vida), mas ainda dava para relevar porque naquela época pouco se falava sobre o assunto. Mas nesse revival eles não podem se esconder atrás dessa desculpa, e para mim, enquanto mulher gorda, foi repugnante assistir a Lorelai e a Rory tirando sarro de uma pessoa gorda, não numa cena isolada, mas insistentemente!
    Também fiquei revoltada com a forma que a Rory tratava seu "namorado". Meu, eu não entendo o que se passa pela cabeça da Amy Sharman para escrever tanta bizarrice e estragar seus próprios personagens dessa forma!
    Decepção não define o que senti, e eu já não estava esperando nada desse "projeto". Tiraram toda a alma e a doçura da história, fazendo quase uma paródia da série original, com atuações mecânicas e sem um pingo de química. Foi difícil de assistir.
    Lorelai foi minha maior referência feminina por muitos e muitos anos, a sentia quase como uma mãe, e que ser mais inconveniente ela se tornou. Enfim, vou tentar esquecer que fizeram isso!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Cíntia Lira

    É inacreditável o que conseguem fazer com boas séries por causa de ganância (não saber quando parar, continuar porque está sendo lucrativo)...
    Apesar de tudo, eu achei essa temporada um pouco melhor do que a sexta. Pelo menos a Alicia voltou a agir como um ser humano. Deu pra sentir muito mais empatia por ela, especialmente na cena que ela surta na lavanderia. A entrada do Jason foi um sopro de ar fresco. Personagem extremamente cativante. Uma coisa eu devo admitir: TODOS OS ATORES dessa série têm uma química incrível! Foi bem gostoso assistir os dois juntos, e pra ser sincera, mesmo gostando muito do Will, eu acho que o Jason combina muito mais com a Alicia. Não sei de onde ela tirou que ele gosta de "coisas de menino", mas o Jason é um homão, e o relacionamento deles parecia muito mais maduro do que o dela com o Will. Achava o lance da Alicia e o Will muitas vezes idealizado. Eles estavam revivendo sentimentos de quando eram jovens, enquanto Alicia e Jason tinham uma coisa nova, por vezes romântica, por vezes carnal, porém sempre realista.
    E o apego da Alicia ao Will é uma demonstração do que acontece quando uma pessoa morre. A Alicia afirmou que não amava o Will, e ela realmente acreditava nisso, ou ao menos foi extremamente convincente... e de repente ele morre e ela não consegue ver outra coisa na vida?
    Eu acho que o grande problema dessa temporada é que os personagens perderam a essência. Nenhum deles parecia o mesmo personagem das temporadas anteriores, fazendo coisas que não eram características. Poderia ser um desenvolvimento de personagem, exceto que eles se tornaram "piores". Como por exemplo, o comentário do Cary sobre "racismo reverso". Essa cena não foi NADA o Cary, que tentou lutar contra racismo em temporadas anteriores.
    O Eli se entregando à Courtney também não soou verossímil, muito menos ele confessando pra Alicia o que fez seis anos atrás (eu queria que ela descobrisse, mas o Eli é racional demais para fazer isso sabendo que as repercussões seriam aguçadas pela morte do Will). Entendo que o Eli se apegou aos Florrick, mas eu senti falta do Eli do começo da série, abaixando a calça para pessoas que não gosta e dizendo "eu estou abaixando minhas calças para você beijar a minha bunda". O Eli era meio que o alívio cômico, e estava bem nesse papel. Tiraram o brilho do personagem nessas duas últimas temporadas, parece que não sabiam o que fazer com ele... primeiro jurando vingança, depois voltando ao ninho como se nada tivesse acontecido.
    Também achei uma pena dispensarem a oportunidade de trazer a Elsbeth tascioni, colocando aquele personagem absurdo no lugar dela. A Elsbeth era absurda, mas de um jeito bem gostoso de assistir, e o ex-marido dela é simplesmente patético.
    Por falar em patético, achei desnecessário trazerem de volta os caras da NSA. Todas cenas que eles apareciam eu queria fechar o player. Muito nada a ver.
    Tudo foi absurdo nessa temporada. O que foi os caras destruindo a parede da sala de conferências?
    A qualidade técnica também caiu. Até a direção de arte estava um lixo.
    E o que dizer do Peter, que é um dos personagens centrais, e mal aparece? Toda a trama contra ele nesses episódios finais soou forçada DEMAIS. Tudo muito encaixadinho.
    No geral, tirando a presença do Will, eu achei uma bosta esse episódio final. Não deu para se despedir dos personagens. Eu assisti o último episódio pensando "meu, como pode faltar só esses minutos, se tem tanta coisa pra resolver?".
    Eu não me prendo muito em "finais felizes", mas odeio quando os personagens nadam pra morrer na praia, começando e terminando do mesmo jeito! eu ficaria ok com algo menos romântico, mas era hora de dar um descanso pra Alicia. No fim, o tapa na cara foi em todos nós, que assistimos a série por anos e tivemos essa queda gritante de qualidade e um final tão besta.

    p.s: Até a Jackie consegue um final feliz e a Alicia não rs
    p.s.2: eu queria que a Alicia fosse mais fiel ao Cary. Os dois juntos era muito legal, eles poderiam SIM ter sido os novos Will e Diane, mas ela sempre foi muito egoísta e o valorizou pouco.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Cíntia Lira

    Nossa, essa temporada foi muito fraca.
    A Alicia está fria demais. Uma coisa é ser durona, uma coisa é empoderamento feminino, outra é esse nível de frieza... é como assistir um sociopata, mas diferente dos sociopatas que vemos em séries de sociopatas, ela não tem carisma algum, não dá para torcer muito por ela... Ela está muito robótica.

    Eu não gostei que depois de uma construção de anos entre os personagens, muitos foram simplesmente tirados de cena sem mais nem menos, e nem estou falando só da Kalinda. Alguns personagens que foram peça-chave na temporada anterior simplesmente desapareceram... como a Robin... cadê a Robin? Cadê a Hellinger, cadê a Jackie (insuportável, mas necessária)... e a saída do Elfman também foi broxante. Era de se esperar que houvesse algum contato entre eles depois da reviravolta pós-eleições.
    Uma temporada muito arrastada, cheia de baixas e pontas soltas...

    Até o Eli, que é um dos personagens mais gostosos de assistir, foi apagado.
    A série se perdeu bastante. É o que acontece quando levam histórias além do que elas deveriam ir.

    Ainda acho uma série muito sexy e adoro o clima de "cobra comendo cobra"... amo a diversidade do elenco e as aparições de atores old school, mas faltou alma nessa temporada.

    P.S: a Grace precisa crescer. Por que essa mina tem uns 18 anos e é tratada como uma criancinha que não pode lidar com situações adultas, como ter pais separados? ME POUPEEEM

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Fabio Kowalski
    Fabio Kowalski

    Oi Ci, vou assistir uma hora rola hahaha,e que to com pouco tempo livre pra ver e quando acontece tem tanta coisa que a mente esquece..mas vai rolar :)....pois é to bem, no cotidiano,de certo modo cotidianos sao seguros e enfadonhos

  • Fabio Kowalski
    Fabio Kowalski

    ainda não...vou conferir anjo, obrigado pela dica...

  • Fabio Kowalski
    Fabio Kowalski

    seymor aceitava as coisas de forma muito passiva..ja sou bem mais de encontro quando me sinto lesado..mas de resto me sinto como o personagem

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.