Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/danielcorcino/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > danielcorcino
21 years
Usuário desde Janeiro de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Daniel Corcino

    No fim, não faz tanta diferença o que é a “verdade” por trás de todo conflito gerado, mas sim quais pressupostos e caminhos cada um decide seguir ou ignorar perante os dilemas. Quais pesos cada um carrega consigo ou quer jogar sobre o outro? Quais pesos se está disposto a enxergar sobre o outro? Com uma grande ajudinha das normas sociais (teísmo, classismo, machismo...) é interessante perceber como vários caminhos já estão quase que determinados a cada um. O filme lança um jogo entre moral, ética, lei e normas sociais, embaralhando tudo e pondo em cheque até que medida uma coisa sobrepõe ou substitui outra. Se aqui ou se Alá, muitas variáveis subjetivas e sociais se entrelaçam e desfazem o que seria a busca por quem tem razão: é mais complexo e profundo. Quantas separações precisam ser realizadas em nós mesmos e dos outros diante dos problemas que nos convocam? Mesmo que possamos avaliar certas ações como mais ou menos desejáveis, não é um filme que quer passar o que é o certo e o errado, mas sim apresentar caminhos possíveis naquele contexto. Revela que há sim a liberdade individual, mas ela está fortemente associada às consequências presentes por ocupar determinados papeis sociais.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Daniel Corcino

    Sou meio chato, dou pouco valor ao Oscar pelo seu fator excludente (em vários quesitos, inclusive por não representar nem de longe o que é o cinema mundial). Visualmente, cada cena é tão bem construída que se você pausar quase qualquer momento do filme, daria para considerar uma foto massa. Nos demais quesitos, não é preciso nem falar muito sobre a relevância que possui tanto técnica quanto humanamente, é bem aparente. O fator “melhor filme” do Oscar tem mais sua importância de marketing do que qualquer outra coisa para essa obra que deve ser vista e sentida pelo maior número de pessoas possíveis. Moonlight é a arte em sua melhor forma, para mim, mostra que o século XXI tá começando de fato a entrar no mapa, em contraposição a persistentes ideias tão século XX de ver o mundo, dando visibilidade a novas discussões e possibilidades de existência e expressão.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Nenhum recado para Daniel Corcino.