filmow.com/usuario/elbermrock/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > elbermrock
30 years, Carapicuíba, Brazil (BRA)
Usuário desde Julho de 2012
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

só um grande admirador da musica do cinemae dos games... apenas isso...

Últimas opiniões enviadas

  • Elber

    Assisti nesse domingo, Liga da Justiça. O conturbado Filme de Zack Snyder, tentando suprir o desespero da DC Comics/Warner de bater de frente com a Marvel.
    Pq disse conturbado? Primeiro pq a DC/Warner está perdida no tom. Não sabem se querem ser diferentes e trazerem um tom mais realista como o Nolan (q eu sinceramente prefiro) ou se abraçam a galhofa e fazem como a Marvel, onde todo filme é uma aventura juvenil de comédia...o DC Universe do cinema se iniciou no Homem de Aço, filme q gostei mto justamente por ser mais dramático e caótico. Sua sequencia, Batman V Superman, foi covarde e do inicio dramatico, descambou pra uma galhofa sem sentido no final...desperdiçando um puta vilão no final.
    Tivemos Suicide Squad, q cagou no pau, com um filme completamente recordado e montado por uma criança de 4 anos. Depois, veio o maravilhoso Mulher Maravilha, que conseguiu ser interessante, até chegar ao ato final problemático. E Agora, teria Liga da Justiça consertado a cagada??
    Pois bem, o filme até faz bem o trabalho de apresentar os personagens "novos". Ao contrario do q vi mtos dizendo por aí, eu gostei bastante de como o Ciborgue foi apresentado, amargurado pelo q se tornou. Ele nao tem mta personalidade, mas tem uma certa importancia pra trama. Ao contrario do Aquaman. Momoa tem uma presença inegável, mas seu personagem não faz mto e quando tenta, ramela! (Onde já se viu o Rei dos Mares nao conseguir conter uma infiltração de agua num esgoto, sendo q a cena inicial do cara é entrando no mar por meio de ondas gigantescas???).
    Flash é o "Spider Man" do filme. Um jovem bobalhão com poderes q ainda nao domina completamente (serio q um cara tao rapido tropeçaria tanto?).
    Gal Gadot, diva master, mais uma vez é dona da melhor personagem do Filme!! A Mulher Maravilha ta salvando todos os filmes em q ela aparece hahaha!!
    O Batfleck dessa vez está suave, piadista, loooooooonge de ser o Batfleck triste, com raiva reprimida dentro do coração hahaha
    Agora o Superman, meu amigo...dá até MEDO!!!
    Bichão tá ignorante demais aqui!!! (Na boa, nao é segredo pra ninguem q ele retorna aqui).
    Agora o vilão...PELAMOR!!
    O visual do Lobo da Estepe está legal, mas o personagem é fraquinho demais!
    Não acho digno de ser enfrentado pela Liga e é até vergonhoso ver a liga toda tomando um pau dele...porra, eles ja enfrentaram a poha do Apocalipse!!!
    E o filme tenta emular a Marvel, com bastante piadinha e até o lance das cenas pós creditos..
    Enfim. É um filme ruim? Não! É coerente? Tbm não hahaha! Mas diverte mto, mas mto mais do que o Batman V Superman e se iguala á Mulher Maravilha e Homem de Aço como melhores trabalhos da DC no cinema (olha q superar as outras bombas não é mto dificil)

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Elber

    Faz uma semana...UMA SEMANA que eu assisti "Mãe!", o mais novo filme de Darren Aronofsky (o mesmo diretor dos maravilhosos "Cisne Negro", "Requiem por um Sonho" e "O Lutador") e até hoje, as coisas desse filme ainda pipocam na minha cabeça.
    A plot simples do filme é a historia de um casal, uma dona de casa e seu marido, escritor, q estão reclusos numa casa recém reformada após um incendio, onde o marido está tentando sair de um "Writer's Block", enquanto a moça está reconstruindo a casa sozinha, sem ajuda de ninguém. Eles estão bem, em paz, até q recebem uma visita inusitada: um homem perdido e sem ter onde ficar. A mulher não gosta da visita invasiva, mas o marido pede para relevar. No dia seguinte, chega a mulher do visitante, e daí pra frente, a dona de casa não tem mais paz em sua vida. Isso é o que o trailer e a sinopse querem q vc acredite no inicio mas...ESQUEÇA o trailer desse filme, ele te engana, te faz pensar q o filme é um terror psicológico ou algo do tipo, mas não...o filme está BEEEMMM LONGE desse genero, talvez por isso, tem mta gente odiando o filme por aí.
    "Mãe!" é uma brisa totalmente diferente. Pesado, abstrato, transbordando alegorias, um filme q foi feito pra se prestar atenção, pra e instigar, pra te fazer pensar em como vc vê o mundo e como age nele.
    Não há trilha sonora, a camera é sufocante e fica quase o tempo todo com closes no rosto da Mãe, em varios momentos ele tenta te fazer sentir mal, com um trabalho de sonoplastia caprichado.
    Eu não posso falar mta coisa sem dar spoiler e é bom vc assistir ao filme sem saber mais do que o q foi dito no inicio, para ter uma experiencia genuína, pq esse filme é pra ser visto assim, de surpresa!
    Daqui pra baixo, vou ser obrigado a dar Spoilers, então se vc ainda não viu, pare por aqui (não diga que não avisei):

    *SPOILERS AHEAD*

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    Eu demorei pra entender onde o filme queria me levar, só entendi de fato do que se tratava quando os filhos do casal invasor saem no pau e um mata o outro.
    O escritor, ou Criador, é Deus, A Mãe é a Mãe natureza, representada como ser humano, ao mesmo tempo que a casa é a representação do nosso planeta. O visitante e sua mulher são Adão e Eva, os filhos, Caim e Abel..ou seja..o filme é uma releitura cabulosa da Bíblia, assim como "Noé", o filme antecessor de Aronofsky, mas aqui, a coisa é bem mais disfarçada e tem mto mais critica envolvida do que "Noé", q é um filme mais direto, apesar de tomar varias liberdades.
    É foda como o filme retrata a Mãe, como uma mulher extremamente submissa, vivendo á margem do Criador, sendo sempre deixada de lado perante os outros, não tendo sua voz ouvida, seu pedidos são sempre ignorados, ela passa o tempo todo tentando manter a ordem, como a grande maioria das mães e donas de casa, q sofrem á sombra de seus maridos...mas a Natureza tbm não é assim?? As mudanças climáticas, as catastrofes naturais, não seriam todas um pedido de socorro da naruteza q nós insistimos em não escutar??
    Nós somos a visita indesejada da Mãe Terra, os parasitas que destroem aos poucos cada parte desse lugar, e mesmo q um ou outro tente ajudar a concertar, prevalece a maioria destrutiva...é genial como isso é mostrado no filme.
    Assim como quando o caos é instalado na casa, e o filme começa a mostrar o fanatismo religioso, a fé cega, as guerras que se iniciam em nome da palavra de um Deus, o terrorismo...quando o Bebê nasce, ele é adorado por todos...todos querem tocar no filho do Criador, até que em meio à calorosa recepção, acabam matando a criança...o bebe seria uma versão de Jesus?? Pois as pessoas que queriam adora-lo, acabaram o levando a morte e em seguida, existe a cena do banquete onde as pessoas estão literalmente comendo sua carne e bebendo seu sangue. É uma cena brutal, mas que retrata os rituais religiosos.
    Além do lance bíblico, q é o obvio ja que o próprio Aronofsky caguetou toda a ideia pra imprensa (talvez com medo de ninguem entender nada e o filme flopar), o filme abre portas para todo tipo de interpretação imaginável, com varias criticas sociais inseridas no meio de todo o B.O. bíblico (como o lance q ja citei do protagonismo do homem e o "coadjuvantismo" da mulher na sociedade...o papo de machismo x feminismo e td mais.
    Ten tantas coisas ali q daria pra escrever um livro só pra discutir esse filme!


    Vale a pena passar por essa experiencia cinematográfica!!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Elber

    Pois bem, a trama é exatamente isso, nada mais do que isso.
    O roteiro é pobre, os personagens são ridiculamente rasos... Acredite! No trailer eles parecem ter mais profundidade do que no filme em si..é sofrido! As atuações de Brie Larson e Tom Hiddleston são sofriveis. Seus personagens entram e saem do filme sem nenhum tipo de desenvolvimento. Vc não teme nem se importa pela vida de ninguem..só quem se salva um pouco e mostra um pouco de personalidade são os personagens de John Goodman, John C. Reilly e do Samuel L Jackson.
    O que faz o filme mesmo são as criaturas, os efeitos especiais, as cenas de ação, a trilha sonora toda baseada nas musicas dos anos 70 e a fotografia mto bonita, lembrando filmes de guerra da época, como o proprio Apocalipse Now.
    Kong, o gorila gigante, é muito, mas muito bem feito mesmo, as cenas dele impressionam demais, com certeza vale como entretenimento, mas se vc busca um bom enredo, fuja!

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    A cena onde Samuel L Jackson encara o Kong pela primeira vez, ele destruindo tudo e olhando fixamente nos olhos dele...é demais!!
    O tal do Chapman estava no filme só pra morrer hahaha q bosta!
    A cena pós creditos é bem legal, e mostra uma coisa q pode render algo interessante: GODZILLA E KONG PODEM SE ENFRENTAR!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Paloma Martinez
    Paloma Martinez

    Grau de compatibilidade alto, aceitei xD rs

  • Paloma Martinez
    Paloma Martinez

    Obrigada ^-^ assim que eu entrar no last te aceito! :)