Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > lamim
Moderador
28 years (BRA)
Usuário desde Junho de 2010
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Marcus

    Errr, veja bem...

    (Mini review com spoilers abaixo)

    Afastando desde já a delirante teoria sobre como 'Joker' serviria de modelo e motor para os perigosos indivíduos que se autodenominam incels; bem como também deixando de lado todo o (i)merecido hype, eu enxergo 'Coringa' como um filme apenas correto, embora, sem dúvidas, a monstruosa atuação de Joaquin Phoenix (com uma modulação de voz e uma construção corporal impressionantes e diferentes de todos os excelentes papeis que já desempenhou) possa, de fato, levar o espectador a considerar o filme mais do que apenas mediano. Compreendo.

    Vindo de comédias, o diretor-roteirista Todd Philips constrói, a meu ver, um filme bastante raso, cujo roteiro aposta em diversas conveniências para que o filme avance. Como exemplo mais claro, vejo o primeiro assassinato de Coringa ser o de três jovens ricos (os proverbiais burgueses safados) uma matéria meramente de acaso. Nada impediria que, no mesmo contexto, três jovens de classe social diferente tivessem entrado naquele mesmo metrô e, após assediarem uma passageira, tivessem partido para cima do protagonista. Algo apenas circunstancial. Coringa não é um líder anarquista, é um homem injustiçado pela vida, porém com uma forte doença mental.

    Prestando homenagem explicita (alguns frames vão de análogos a idênticos) a "Taxi Driver" e "O Rei da Comédia", o " Coringa" de Philips, no entanto, nunca alcança um tom próprio, nem uma identidade, oscilando com frequência de tom sem nunca discutir os temas que supostamente põe à mesa, sejam eles a negligência aos psiquiatricamente enfermos, a luta de classes, o subtexto envolvendo a familia do futuro Batman, ou a omissão do Estado com aqueles que mais precisam; e embora a paleta de cores utilizada na fotografia do longa seja visualmente um primor, o potencial inflamável ou, errrrr, filosófico (?) do filme é quase pueril.
    Resta, com isso, o 'carão' de um filme de revolta adolescente com pedigree.
    O Coringa de Phoenix merecia um filme muito melhor.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Alex Gonçalves
    Alex Gonçalves

    Marcus, saudações cinéfilas!
    Como vai?

    Gostaria de convidar você para conhecer o meu canal no YouTube, Cine Resenhas, por Alex Gonçalves. Caso curta os vídeos, também faço o convite para se inscrever, pois o conteúdo é totalmente independente e o apoio vindo com as novas inscrições é essencial para mantê-lo.

    Link do canal: www.youtube.com/c/CineResenhas

    Obrigado pela atenção. ;-)

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Lucas Pé Preto

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.