filmow.com/usuario/mariselourenco9/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > mariselourenco9
24 years
Usuária desde Junho de 2014
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Marise

    achei que ficaria entediada por conta da duração, mas cara, que filme lindo!
    ele exerce a metaficção a todo tempo de uma forma muito perspicaz e bonita, nos induz realmente à sensação

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    de viver três vezes mais por conta do cinema, sem perder a proximidade com a vida

    .
    os personagens são tão simples e ao mesmo tempo muito complexos, sentimos os dramas de suas decisões e indecisões, suas angústias diante das dificuldades da vida, suas experiências, suas perdas.
    parece que o filme, de algum modo, segue a proposição de yang yang, de tentar nos fazer ver o que muitas vezes não vemos, coisas simples, mas que escapam aos olhos.
    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    cenas como o foco na mão da vovó depois que ela volta do hospital, yang yang ao observar a menina com o vídeo sobre como se forma o raio ao fundo e ting ting vendo sua planta florescer são de uma sutileza capaz de encher os olhos d'água.


    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    sem falar do discurso final da criança após a morte da vó: sua perspectiva diante da perda e suas reflexões tão presentes em sua última fala, quando diz se achar velho diante do priminho que acaba de nascer.


    enfim, não pensei que valeria tanto a pena assistir esse filme.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Marise

    O filme é bastante bonito, possui locações ótimas, a musicalidade gera um desbunde sonoro em conjunto com as imagens, os personagens também possuem um semblante interessante, e por ser um filme antigo, o figurino também é impecável. No entanto, o Gustav me deixou angustiada o filme todo, e me deu a sensação de que o intuito dele era transparecer uma pessoa doente em todos os sentidos. Se a intenção do filme era acompanhar de forma poética e filosófica a depravação humana, creio que alcançou o objetivo. Admito que fiquei bastante confusa com o intuito

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    da relação que Gustav tentava estabelecer o tempo todo, de forma doentia, com Tadzio, e a princípio, também me incomodou, como várias pessoas colocaram aqui, um certo quê de pedofilia nisso. Ao final do filme, acabei comprando a ideia de que aquele velho doente e frustrado, só buscava a juventude, e nada mais do que isso, naquele garoto peculiar e curioso, que estava apenas a aproveitar suas férias com sua família e amigos, sem nenhum peso dos anos ou de consciência em suas costas.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.