Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/pepamello/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > pepamello
23 years, Guarulhos (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2013
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • Pedro

    É um filme de ação com cenas bem realizadas, que não se tornam confusas, porém sempre vazias. Tem um fiapo de história que não prende a atenção, com personagens mal desenvolvidos e um enredo simples demais para ser interessante. Visualmente é competente e o 3D funciona muito bem - assistir em 2D deve ser ainda mais entediante, já que grande parte das sequências tentam impressionar ao jogar objetos na direção do espectador. É um filme divertido, mas muito cansativo e que se torna chato principalmente durante a segunda metade, quando os efeitos especiais já não chamam a atenção do espectador e o enredo nada oferece para justificar sua existência.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Pedro

    É um filme longo, de ritmo lento, com uma trama excêntrica e que nem sempre faz sentido.
    Tudo isso seriam graves problemas se Toni Erdmann não fosse um filme consistentemente engraçado, com ótimas gags, personagens muito bem desenvolvidos e uma trama de fácil identificação que prende a atenção do espectador durante toda sua longa extensão - mesmo com algumas quedas de ritmo e cenas que realmente parecem desnecessárias.

    É um ensaio sobre a vida e suas dimensões, que toma seu próprio tempo com longas sequências que raramente parecem arrastadas e que estabelece uma atmosfera esquizofrênica porém muito verossímil. Não é uma obra perfeita mas é um dos mais interessantes filmes entre os indicados para o Oscar deste ano.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Pedro

    O novo longa de M. Night Shyamalan é surpreendentemente divertido e assustador, rompendo com a sequência de péssimas produções em que o diretor de encontrava.
    É um filme menor de Shyamalan, mas onde ele melhor demonstra suas habilidades desde os ótimos "O Sexto Sentido" e "Corpo Fechado". Muito diferente de seus últimos quatro (desastrosos) longas da última década, produções de orçamento considerável e de grande proporções, aqui o diretor se mostra confortável ao explorar novamente, e despretensiosamente, o gênero que o consagrou.

    Um dos aspectos interessantes em "A Visita" é a maneira em que vários elementos narrativos do longa demonstram o seu valor gradualmente. É um filme que não impressiona imediatamente, mas que conquista o espectador durante o desenrolar da trama.
    O casal de protagonistas, por exemplo. demora a ganhar a atenção do espectador. Isso acontece não por estes serem mal construídos mas sim por serem retratados como crianças normais do século XXI. Suas qualidades e defeitos são progressivamente exploradas e se mostram extremamente relevantes para a composição do clímax do filme.
    A opção estética pelo "found footage" é outro elemento que aparenta ser desnecessário para a narrativa porém, embora em momento algum seja primorosamente explorado, a câmera enquanto objeto passa a exercer um papel bastante relevante na trama durante meados do segundo ato.
    Um grande acerto do filme é não tentar assustar o espectador o tempo todo. O bom humor domina grande parte da obra e os sustos ocasionais são bem construídos. O filme apela pouco para o "jump scare" e os utiliza de forma inteligente e até surpreendente em alguns momentos.
    Outro, é manter o mistério sobre o motivo real das pavorosas ações dos avós das crianças durante a maior parte do longa. Várias pistas e possibilidades são apresentadas com o decorrer da trama, mas verdade só é revelada no terceiro ato que, além de divertidíssimo, se mostra bem construído pouco previsível. Não é um filme de grandes surpresas, mas competente ao manter o suspense que promete. Não tem grandes pretensões, mas nunca decepciona.

    O longa é muito eficiente na sua proposta e, possivelmente, indica uma nova fase na carreira do diretor. Pela primeira vez em uma década, posso dizer que estou ansioso pelo próximo projeto de Shyamalan. Espero não me decepcionar.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Josephine Joseph
    Josephine Joseph

    oi. onde conseguiu o eutanásia?

  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Guilherme Coutinho
    Guilherme Coutinho

    Opa Pedro, tudo bem?
    Vi teu comentário sobre The Visit (2015) e curti tua visão sobre o filme;
    Na verdade o mesmo me surpreendeu bastante mesmo com as boas referencias que já tinha ouvido sobre.
    Que tenha sido "o retorno" do Sr. Shyamalan. haha
    Abraço;