Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Letícia Isnard

Letícia Isnard

Nomes Alternativos: Leticia Isnard Graell

6Número de Fãs

Nascimento: 30 de Outubro de 1974 (44 years)

Rio de Janeiro, RJ - Brasil

Letícia Isnard é atriz e bailarina.

Tem formação em balé clássico. Foi solista do Ballet Eliana Karin de 1985 a 1996, onde ganhou vários prêmios em festivais nacionais e internacionais de dança, inclusive o primeiro lugar na categoria solo livre senior no Concurso do Conselho Brasileiro da Dança - CCBD, 1992.

Letícia Isnard é formada em Ciências Sociais pela PUC do Rio de Janeiro em 1998 e Mestre em Sociologia com concentração em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Socias da Universidade Federal do Rio de Janeiro - PPGSA / IFCS / UFRJ. Foi bolsista do programa "Memória Coletiva e Repressão - Perspectivas Comparativas sobre os Processos de Redemocratização dos Países do Cone Sul e Peru" pelo Social Science Research Council - SSRC com recursos da Fundação Ford e Fundação Rockfeller. Suas pesquisas acadêmicas desenvolvem temas relacionados à produção teatral contemporânea.

Integrante do grupo teatral "Os dezequilibrados" desde 2001, participou dos espetáculos e deu oficinas de trabalho corporal no circuito do Palco Giratório. Em 2004, atuou na peça "Dilacerado", na trilogia "Assassinato em Série" e nos espetáculos "Vida, o Filme" e "Bonitinha, mas Ordinária". Realizou também, pela companhia, a cerimônia de entrega do Grande Prêmio TAM do Cinema Brasileiro de 2004.

Também atuou nas montagens "Afeto" (2003), de Mônica Prinzac; "36 horas" (1998); "Nhaba - Nheca" (1996), texto e direção de Felipe Martins.

Participou do longa-metragem independente "O Dono do Jogo" (2004), de Paulo Pons Raatz e dos curta-metragens "Bala Perdida", de Vitor Lopes, premiado em festivais nacionais e internacionais, "Norma Lúcia", de Monica Demes e Breve de Pedro Bronz. Realizou diversas campanhas publicitárias para televisão.

Durante três anos trabalhou com o diretor Michel Bercovitch, com o qual fez os espetáculos "Muito Barulho por Nada" (1997), de William Shakespeare; "O Auto dos 99%" (1997), "Sonho de Uma Noite de Verão" (1996), de William Shakespeare; "Rinocerontes" (1996), de Eugéne Ionesco; "O Pagador de Promessas" (1995), de Dias Gomes; "O Beijo no Asfalto" (1995).

Em 2006 e 2007, Letícia Isnard tornou-se conhecida do grande público ao atuar no seriado "Minha Nada Mole Vida".

Em 2008, Letícia participa da novela "Beleza Pura", da Rede Globo.

Letícia Isnard, em 2009, está no teatro, ao lado de Giane Albertoni, na peça "Cachorras Quentes".

Fontes: Sites Os Dezequilibrados; Minha Nada Mole na Vida; Novela Beleza Pura; Blog Rubens Cerqueira

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.