Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

filmow.com/usuario/mrgraysmith/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > mrgraysmith
36 years São Paulo - (BRA)
Usuário desde Outubro de 2014
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Procuro assistir de tudo, mas tem alguns filmes que forçam a barra!
Acho que bom cinema é acima de tudo uma história bem contada.

Mantenho um blog sobre cinema e suas premiações. Para quem quiser conhecer:
cinemaoscareafins.wordpress.com

Minha ex-namorada achou bem chato, então não digam que ela não avisou!

Últimas opiniões enviadas

  • Winston

    Vi o filme na Mostra de Cinema de SP guiado pelo prêmio de direção recebido em Veneza. Realmente, o melhor do filme é a direção que cria um clima bastante tenso e crescente sem apelar. O jovem ator Thomas Gioria (que interpreta o menino Julien) apresenta uma atuação natural espantosa.
    De negativo, citaria a personagem da irmã mais velha, que apesar dos esforços, tem pouca relevância para o avanço da trama, inclusive sua revelação pessoal. Apesar disso, um ótimo filme.

    Vale lembrar que o filme tem origem no curta-metragem "Avant que de tout perdre (Just Before Losing Everything)" (2013), do mesmo diretor, que curiosamente reprisou os mesmos atores que interpretam o casal. O curta foi indicado ao Oscar em 2014, mas não levou a estatueta.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Winston

    Uma das coisas que mais admiro em '45 Anos' é a forma como uma história tão simples foi abordada com tamanha delicadeza e construída sobre sentimentos acumulados por décadas que quase não vão à tona, com situações do cotidiano que se transformam perante nossos olhos.

    Comentário contando partes do filme. Mostrar.

    A carta que muda a vida do casal destrói todos os esforços da personagem Kate (Charlotte Rampling, iluminada), jogando-a para um eterno, escuro e amargo 2º lugar. Como conviver com esse conceito de que a vida não valeu a pena? Por mais que tenha empurrado pra debaixo do tapete há tempos, o fato de ela não poder ter filhos volta à assombrá-la, lembrando dessa sua incapacidade (uma forte culpa genética) de prover essa felicidade ao marido. Tudo vai se acumula de uma forma assombrosa até a festa de 45 anos de casamento, onde a belíssima canção dos Platters ganha novas e terríveis interpretações.

    Fiquei com o filme por semanas na cabeça. Ele levanta reflexões tão importantes do ser humano sem soar didático e filosófico demais. Sem dúvidas, considero-o um dos melhores filmes de 2015.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Winston

    Saí da sessão querendo ver o "Homem-Formiga" dirigido pelo Edgar Wright, que foi expulso pela Disney (que comprou a Marvel Studios) pouco tempo antes das filmagens. O atual diretor Peyton Reed entregou um filme convencional, cujos pontos altos são proporcionados pelo próprio roteiro escrito por Edgar Wright que, se tivesse assumido a direção, certamente teria lançado um filme bem mais ousado e anárquico. Uma pena...

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Filmow
    Filmow

    O Oscar 2017 está logo aí e teremos o nosso tradicional BOLÃO DO OSCAR FILMOW!

    Serão 3 vencedores no Bolão com prêmios da loja Chico Rei para os três participantes que mais acertarem nas categorias da premiação. (O 1º lugar vai ganhar um kit da Chico Rei com 01 camiseta + 01 caneca + 01 almofada; o 2º lugar 01 camiseta da Chico Rei; e o 3º lugar 01 almofada da Chico Rei.)

    Vem participar da brincadeira com a gente, acesse https://filmow.com/bolao-do-oscar/ para votar.
    Boa sorte! :)

    * Lembrando que faremos uma transmissão ao vivo via Facebook e Youtube da Casa Filmow na noite da cerimônia, dia 26 de fevereiro. Confirme presença no evento https://www.facebook.com/events/250416102068445/

  • Bruna
    Bruna

    sou de Londrina no parana!

  • Alice Ayres
    Alice Ayres

    Sim, a cena é hilária mesmo! rs
    Damien Rice nunca mais saiu da minha playlist desde 2005!!! Adoro várias músicas dele!

    Pode me chamar de Jane Jones... :P Brincando, me chame de Alice mesmo!!!

    Ótima semana p vc tb! ;)