Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Zilka Salaberry
46Número de Fãs

Nascimento: 31 de Maio de 1917 (87 years)

Falecimento: 11 de Março de 2005

Rio de Janeiro, RJ - Brasil

Zilka Sallaberry (Rio de Janeiro, 31 de maio de 1917 — Rio de Janeiro, 11 de março de 2005) foi uma atriz brasileira.

Obteve grande sucesso com personagens de telenovelas como a Sinhana de Irmãos Coragem, Donana Medrado de O Bem Amado e a Dona Benta do Sítio do Pica-Pau Amarelo, papel que mais marcaria sua carreira. Devido à sua atuação neste seriado infantil, Zilka passou a fazer parte da infância de várias gerações de brasileiros, sendo sempre reconhecida pelo público como a Vovó Benta.
De família de artistas, era filha da atriz e radialista Luisa Nazareth e irmã das atrizes Alair Nazareth e Lourdes Mayer. Foi casada com o ator Mario Sallaberry.
Formada em Economia, não exerceu a profissão. Após seu casamento com Mario Sallaberry, que era ator, foi ela para o teatro, adotando o sobrenome Sallaberry. Estreou no Teatro Municipal de Niteroi, com um pequenino papel. E gostou e se emocionou muito. Ingressou depois para a Companhia de Procópio Ferreira; a seguir na Companhia de Dulcina de Morais. Seus papéis foram melhorando, fazendo importantes peças, sempre mais comédias do que dramas. Trabalhou também com Alda Garrido e com Dercy Gonçalves.

Estreou como atriz profissional no filme Cidade-mulher (1936), de Humberto Mauro. Transgressora dos costumes, foi a primeira a tirar a roupa em uma peça de teatro, em 1950 na peça A Copa do mundo. Quando ela tirava o maiô, as luzes se apagavam.

Na televisão, estreou em 1956, na extinta TV Tupi do Rio de Janeiro, no programa Câmera Um. No ano seguinte atuou na telenovela A canção de Bernadete.
Durante dez anos participou do Teatrinho Trol, programa que adaptava contos infantis, a Zilka cabia sempre o papel de bruxa.

Depois de passar pela TV Rio e voltar a TV Tupi, Zilka chegou a TV Globo em 1967, estreando na telenovela A Rainha Louca. Nesta emissora realizou seus trabalhos mais importantes, como Irmãos Coragem, O Bem-amado, O Casarão, Que rei sou eu?, O Primo Basílio e Vale Tudo.

Seu último papel na TV foi em Esperança (2002), de Benedito Ruy Barbosa, ano em que também atuou no filme Xuxa e os Duendes 2.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.