Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.

    Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Fred Zinnemann

Fred Zinnemann

Nomes Alternativos: Alfred Zinnemann

72Número de Fãs

Nascimento: 29 de Abril de 1907 (89 years)

Falecimento: 14 de Março de 1997

Viena - Áustria

Fred Zinnemann (Viena, 29 de Abril de 1907 — Londres, 14 de Março de 1997) foi um diretor de cinema austríaco naturalizado estadunidense.

Recebeu duas nomeações ao Óscar de melhor filme, por The Sundowners (1960) e A Man for All Seasons (1966). Venceu por A Man for All Seasons.
Recebeu sete nomeações ao Óscar de Melhor Realizador, por The Search (1948), High noon (1952), From Here to Eternity (1953), The Nun's Story (1959), The Sundowners (1960), A Man for All Seasons (1966) e Julia (1977). Venceu por From Here to Eternity e A Man for All Seasons.
Ganhou o Óscar de melhor documentário de curta-metragem, por Benjy (1951).
Recebeu seis nomeações ao Globo de Ouro de Melhor Realizador, por From Here to Eternity (1953), A Hatful of Rain (1957), The Nun's Story (1959), A Man for All Seasons (1966), The Day of the Jackal (1973) e Julia (1977). Ganhou por From Here to Eternity e A Man for All Seasons.
Recebeu duas nomeações ao BAFTA de melhor filme, por The Nun's Story (1959) e A Man for All Seasons (1966). Ganhou por A Man for All Seasons.
Ganhou o BAFTA de Melhor Filme Britânico, por A Man for All Seasons (1966).
Recebeu duas nomeações ao BAFTA de Melhor Realizador, por The Day of the Jackal (1973) e Julia (1977).
Recebeu uma nomeação ao César de Melhor Filme Estrangeiro, por Julia (1977).
Ganhou o Prémio Bodil de Melhor Filme Americano, por High Noon (1952).
Ganhou o Prémio Especial no Festival de Cannes, por From Here to Eternity (1953).
Ganhou o Prémio FIPRESCI no Festival de Veneza, por A Hatful of Rain (1957).
Ganhou o Prémio OCIC no Festival de Veneza, por A Hatful of Rain (1957).
Ganhou uma Menção Especial no Festival de Moscovo, por A Man for All Seasons (1966).

Cônjuge: Renee Bartlett (de 1936 a 1997)
Filho: Tim Zinnemann