Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Jim Davis (I)

Jim Davis (I)

Nomes Alternativos: Marlin Davis

3Número de Fãs

Nascimento: 26 de Agosto de 1909 (71 years)

Falecimento: 26 de Abril de 1981

Edgerton, Missouri - Estados Unidos da América

Jim Davis (Edgerton, Missouri, 26 de agosto de 1909 – Northridge, Califórnia, 26 de abril de 1981) foi um ator norte-americano que ficou famoso como o patriarca Jock Ewing na série Dallas.

Dono de uma carreira inexpressiva e fadada ao esquecimento, Davis surpreendentemente tornou-se um astro reconhecido em todo o mundo já no fim da vida. Filho de agente funerário, destinado a seguir os passos do pai, deixou o lar ainda jovem para juntar-se a um circo. Um ano depois, tornou-se agente de vendas dos produtos Quaker em Los Angeles. Foi assim que conheceu Sandro Berman, produtor da MGM, que lhe ofereceu um contrato. Apareceu em alguns filmes menores, como O Demônio do Congo (White Cargo, 1942), ao lado de Hedy Lamarr, antes de engajar-se na Guarda Costeira de seu país quando estourou a Segunda Guerra Mundial. Terminado o conflito, foi parceiro de Van Johnson em Reconciliação (The Romance of Rose Ridge, 1947) e acreditou ter chegado sua grande chance quando Bette Davis o escolheu para seu par em Encontro no Inverno (Winter Meeting, 1949), produzido pela Warner. Entretanto, o filme foi um completo fracasso, tanto de público quanto de crítica, e Bette culpou-o por isso. Hollywood fez com que Davis pagasse caro o insucesso do filme, passando a confiar-lhe apenas papéis secundários, dos quais nunca conseguiu se desvencilhar. Assim, foi ator principal de westerns classe Z e coadjuvante/secundário em filmes B, além de conseguir pequenas pontas em faroestes classe A, o que lhe permitiu, por exemplo, atuar em El Dorado (idem, 1967), Rio Lobo (idem, 1970) e Jake Grandão (Big Jake, 1971), todos estrelados pelo amigo John Wayne.

Davis saiu-se melhor na televisão, onde apresentou os trinta e nove episódios da série western Stories of the Century, (1954-1955) e estrelou os setenta e três de Rescue 8 (1958-1960), precursora da mais conhecida Emergency. Também participou de vários telefilmes e de uma miríade de outras séries, entre elas Lassie, Death Valley Days, Perry Mason e Bonanza.

Davis foi casado uma única vez, com Blanche Hammerer, sua companheira por toda a vida. Tiveram uma filha, Tara Diane, vítima de uma tragédia: após sofrer um acidente automobilístico, entrou em coma vegetativo e seus pais decidiram desligar os aparelhos que a mantinham viva. Abalado com a morte da filha, Davis foi resvalando silenciosamente para o esquecimento, quando, em 1978, foi convidado para viver Jock, o chefe da família Ewing, na premiada série Dallas. Inesperadamente, tornou-se uma celebridade instantânea, reconhecido e apontado pelo público onde quer que estivesse. Contudo, essa popularidade repentina só pôde ser saboreada até 1981: diagnosticado com mieloma múltiplo e tumor cerebral em 1980, Davis continuou a trabalhar mas faleceu de complicações pós-cirurgia de uma úlcera estomacal, detectada no ano seguinte. Seu personagem foi mantido vivo artificialmente por mais algum tempo, durante a quarta temporada da série: estaria prospectando petróleo na América do Sul e, ao cabo de treze episódios, teria morrido em uma queda de helicóptero.

Cônjuge: Blanche Hammerer (de 1945 a 1981)
Filha: Tara Diane Davis

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.