Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Michael York

Michael York

Nomes Alternativos: Michael York-Johnson

30Número de Fãs

Nascimento: 27 de Março de 1942 (75 years)

Fulmer, Buckinghamshire, Inglaterra - Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte

Durante sua adolescência, York foi educado em Bromley Grammar School for Boys, Hurstpierpoint faculdade e University College, Oxford . Ele começou sua carreira em uma produção de teatro em 1956, ''The Yellow Jacket''. Em 1959 ele fez sue début com um pequeno papel em uma produção de Hamlet num teatro maior. York era um membro da National Youth Theatre

Ele conheceu a fotógrafa Patricia McCallum em 1967, quando ela foi designada para fotografá-lo, e eles se casaram em 27 de março de 1968, no 26º aniversário de York. Seu enteado é produtor Rick McCallum de toda a saga ''Star Wars''. York foi nomeado para a Lista Internacional Best Dressed Hall of Fame em 1977.

Antes de se formar na Universidade de Oxford em 1964, York excursionou com o National Youth Theatre , também realizando com a Sociedade Dramática da Universidade de Oxford e os jogadores da University College. Depois de algum tempo com o Dundee Repertory Theatre, onde fez a peça ''Brendan Behan 's The Hostage'', York se juntou ao Teatro Nacional sob a liderança de Sir. Laurence Olivier , onde trabalhou com Franco Zeffirelli durante o ano de 1965 na encenação de ''Muito Barulho por Nada''. Depois de seu papel na TV britânica como Pete Bakalyan em ''A Circle of Strangers'' (1964), York fez sua estréia no cinema como Lucentio de Franco Zeffirelli em ''A Megera Domada/The Taming of the Shrew (1967), que recebeu duas indicações ao Oscar; no mesmo ano esteve no elogiado ''Estranho Acidente/Accident'', de Joseph Losey, que ganhou o grande prêmio do júri no Festival de Cannes.

Em 1968, foi escalado como Tybalt na adaptação indicada ao Oscar de melhor filme para o cinema de Zeffirelli, ''Romeu & Julieta'', um enorme sucesso de bilheteria e crítica que ganhou dois Oscars. Ele estrelou em ''A Magia do Guru/The Guru (1969), de James Ivory.

Depois disso trabalhou com o veterano diretor George Cukor em ''Justine'' (1969), fazendo o belo e sensual Darley, que se envolve justamente com Justine (a bela e talentosa Anouk Aimée), numa conspiração clandestina na Palestina.

Desempenhou um amoral bissexual em ''Diabólicos Sedutores/Something for Everyone'' ( 1970 ), com Angela Lansbury , e interpretou o bissexual Brian Roberts na versão cinematográfica de ''Cabaret'' ( 1972 ), de Bob Fosse, vencedor de oito Oscar, um dos seus filmes mais conhecidos.

Participou de um outro sucesso ''Os Três Mosqueteiros/The Three Musketeers'' (1973) e sua continuação ''A Vingança de Milady/The Four Musketeers'' (1974), ambos de Richard Lester.

Em 1974, esteve no suspense vencedor do Oscar ''Assassinato no Expresso Oriente/Murder on the Orient Express'' , com um elenco de peso Albert Finney, Lauren Bacall, Ingrid Bergman, Sean Connery, John Gielgud, Anthony Perkins, Vanessa Redgrave, Rachel Roberts, Richard Widmark, entre outros, baseado na obra de Agatha Christie.

''Fuga no Século 23/Logan's Run'', um filme americano de ficção científica dirigido por Michael Anderson; estreou nos cinemas em 1976, e foi o primeiro filme a usar o Dolby Stereo como sistema de som em 70mm prints, esse longa-metragem, também deu origem a uma série de televisão em 1977, sem York.
O roteiro aborda a destruição do nosso planeta e do seu "status quo" com a degeneração do modo de vida através de diversos temas como a destruição do meio ambiente e a contracultura hippie. O filme ganhou o Oscar de Efeitos Visuais. No mesmo ano fez o o romântico ''Sete Noites no Japão/Seven Nights in Japan'', que também fez bonito nas bilheterias.

Em 1977, ele se reuniu novamente com Zeffirelli como João Batista, na minissérie de televisão britânica-italiana ''Jesus de Nazaré/Gesù di Nazareth; foi estimado que mais de 28,3 milhões de pessoas só na Itália assistiram o filme. Quando o primeiro episódio foi transmitido nos Estados Unidos, foi um grande sucesso também.

Depois disso trabalhou com diretores importantes como Jerzy Skolimowski, Billy Wilder, Miklós Jancsó, Mel Brooks, entre outros.

Desde seus primeiros trabalhos auspiciosos, York teve uma carreira movimentada e variada no cinema, televisão e no palco. Principalmente no teatro da Broadway, com créditos em ''Bent'' (1980), ''The Crucible'' (1992), ''Someone Who'll Watch Over Me'' (1993). Ele também fez muitas gravações de som como um leitor, incluindo a produção de Harper Áudio S. Lewis ' The Lion, the Witch and the Wardrobe.

Nos anos 90, seus melhores trabalhos foram ''Bem-Vindos ao Paraíso/Come See the Paradise'' (1990), de Alan Parker; em dois episódios na segunda temporada da série de TV, ''Road to Avonlea'', como Ezequiel Crane, o faroleiro de Avonlea e pai adotivo de Gus Pike (1991); na série ''Babylon 5'' (1996), no episódio "A Late Delivery from Avalon" como um homem delirante que acreditava-se ser o Rei Arthur. No cinema ele foi Basil Exposition em todos os três Austin Powers filmes. Esteve em ''Studio 54'' (1998), de Mark Christopher.

Em 2001, foi indicado ao Emmy (o Oscar da TV), por sua breve participação na série ''The Lot'', nos episódios ''Stiffed'' e ''Daddy Dearest'' e ganhou seu Walk of Fame no ano seguinte.
Ele também apareceu como uma versão fictícia de si mesmo em vários episódios da terceira temporada de ''Segura a Onda/Curb Your Enthusiasm'' (2002); e também apareceu como Professor Asher Fleming, durante a quarta temporada de ''Gilmore Girls''. Ele realizou a voz do personagem Ares do excelente desenho ''Liga da Justiça/Justice League'' no episódio "Hawk and Dove" (2004). Ele fez uma aparição em ''Os Simpsons'' como Mason Fairbanks, possível pai de Homer Simpson, em "Homer's Paternity Coot". Em 2006, York interpretou o personagem Bernard Fremont (inspirado na vida real no assassino em série Charles Sobhraj ) na série ''Lei e Ordem: Crimes Premeditados/Law & Order: Criminal Intent'', no episódio " Slither ". Em 2009, ele emprestou sua voz para ''Star Wars: The Clone Wars'' a série.

Em 2013, York infelizmente anunciou que estava sofrendo com a doença rara de amiloidose. Médicos inicialmente pensaram que ele tinha câncer nos ossos. Em 2012, ele tinha sofrido um transplante de células-tronco, que podem aliviar os sintomas. Mas o professor Sir Mark Pepys, diretor da Unidade de Wolfson Drug Discovery , no Centro de Paramiloidose e de fase aguda Proteínas , que inventaram a varredura, está agora a trabalhar com a GlaxoSmithKline em uma droga que espera poderia limpar os depósitos de amiloidose no corpo. Depois o Dr. Robert Kyle na Clínica Mayo, em Rochester, Minnesota, fez uma varredura no Royal Free e mostrou a maioria dos depósitos tinha ido, embora e alguns permanecem no baço e na sua voz. Ele e a esposa esperam que o problema nos seus olhos acabará por desaparecer. Nesse meio tempo, ele brinca, que está disponível para peças para homens de óculos escuros de uma certa idade - muitos chefes da máfia.

Mas o ator não para de trabalhar, pois é guerreiro: Em 2014, ele foi o narrador do filme de terror ''Sleeping Beauty'' de Casper Van Dien, e já está confirmado no filme ''Quantum Investigations: The Quantum Heist'', previsto para 2017.