Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > gkmaciel
25 years Rio de Janeiro - (BRA)
Usuário desde Janeiro de 2016
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • GABRIEL KOENIGKAM MACIEL

    É a cara de hollywood, a cara da academia, isto é, um filme super hiper megavalorizado. E com uma das piores narrativas que já vi sobre o tema.

    Compreendo que trata-se de uma sátira, porém desequilibrada e com mais erros do que acertos, abordando um tema que não admite erros (principalmente se for utilizar do humor)
    Gasta a maior parte do tempo ofendendo os judeus para só então ridicularizar os nazistas. Ofensas grotescas, ok, e por isso, em tese, não deveriam ser levadas a sério, mas o nazismo em si é algo grotesco. E isso não impediu hitler de matar milhões. Portanto, às vezes até mesmo o mais grotesco deve ser levado a sério. (Vi poucas pessoas falando que é uma crítica politicamente incorreta ao nazismo. Interpretação errônea, acho que não foi essa a intenção, mas se foi, pior ainda. Um episódio como esse jamais deve ser retratado dessa forma)

    Satirizar o nazismo sob a ótica inocente de uma criança nazista não combina, ou se combina, aqui não combinou. Não há nada de irônico usar a figura de uma criança para chamar judeus de criaturas sujas e diabólicas. Se o personagem fosse adulto, tudo bem, adequado, pois sugeriria o quão pequena é a mentalidade de um nazista.
    A INOCÊNCIA de uma CRIANÇA face ao nazismo é adequado, aí sim, no contexto do DRAMA O menino do pijama listrado, mas não numa comédia.
    Já a ESTUPIDEZ de um nazista ADULTO é perfeitamente retratada e ridicularizada com ironias na COMÉDIA O grande ditador (essa sim uma sátira decente que provoca o nazismo!). Se misturar as palavras vai ver que não faz sentido.

    O filme começa com Beatles e termina com David Bowie, inacreditável.

    Mais inacreditável ainda é o texto exibido no final:
    “Deixe que tudo aconteça com você: beleza e terror. / Apenas continue. / Nenhum sentimento é final”

    E pra não ser injusto vou terminar citando o que gostei: o ator mirim é incrível, se alguém merecia concorrer ao oscar por esse filme era ele. O amigo dele foi muito bem tb. O casal gay “nazista” grande sacada. O figurino belíssimo. A direção impecável. Duas ou três cenas cativantes/emocionantes.

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.