Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Anita Ekberg

Anita Ekberg

Nomes Alternativos: Kerstin Anita Marianne Ekberg

105Número de Fãs

Nascimento: 29 de Setembro de 1931 (83 years)

Falecimento: 11 de Janeiro de 2015

Malmö, Skåne län - Suécia

Kerstin Anita Marianne Ekberg, mais conhecida como Anita Ekberg, foi uma atriz, miss, modelo e cultuada sex symbol sueca dos anos 60, assim conhecida após sua aparição no filme A Doce Vida, obra-prima do cineasta italiano Federico Fellini.

Anita ficou famosa nos Estados Unidos após uma turnê feita com o comediante Bob Hope, em que substituiu Marilyn Monroe, doente, transmitida nacionalmente pela televisão. Na metade da década, ela começou a trabalhar para outros estúdios e foi contratada pela Paramount Pictures para trabalhar com Jerry Lewis e Dean Martin em Artistas e Modelos (1955) e Ou Vai Ou Racha que lhe deram grande projeção popular. No mesmo ano, ela foi para a Europa filmar com o diretor King Vidor, na versão de Guerra e Paz, em que fez o segundo papel feminino depois de Audrey Hepburn. No mesmo ano ainda ganhou um Golden Globes, USA, pelo filme ''Rota Sangrenta/Blood Alley''.

Depois de alguns filmes menores até o fim da década, ela finalmente teve a chance de fazer o filme que a tornaria um ícone, quando foi convidada por Federico Fellini para viver Sylvia, famosa atriz sueco-americana em A Doce Vida. O filme foi um grande sucesso de público e crítica e sua cena noturna na Fontana di Trevi, banhando-se num vestido de noite negro, tornou-se um dos mais icônicos momentos da história do cinema.´

O sucesso de A Doce Vita e levaria fazer Boccaccio 70 com Sophia Loren e Romy Schneider e mais dois filmes testemunhais com Fellini em anos seguintes, I clowns (1970) e Intervista (1987), novamente com Mastroianni, onde representa a si mesma. Nos últimos anos, suas aparições na tela, foram esporádicas, têm sido apenas em pequenos filmes europeus e na televisão italiana.

Ekberg morreu em 11 de Janeiro de 2015, com a idade de 83, na clínica San Raffaele, em Rocca di Papa em Castelli Romani, Itália, de complicações de doenças duradouras. O funeral de Ekberg foi realizada em 14 de janeiro 2015, na Luterana Evangélica- Christuskirche em Roma, após o qual seu corpo foi cremado e seus restos foram enterrados no cemitério da Igreja Skanör na Suécia.