Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Lolita Rodrigues

Lolita Rodrigues

Nomes Alternativos: Sílvia Gonçalves Rodrigues Leite

19Número de Fãs

Nascimento: 10 de Março de 1929 (89 years)

Santos, São Paulo - Brasil

Lolita Rodrigues, nome artístico de Sílvia Gonçalves Rodrigues Leite (Santos, 10 de março de 1929), é uma atriz e cantora brasileira. Rodrigues Leite é seu sobrenome de casada.

Filha dos imigrantes espanhóis Isaac e Izolina, cresceu acostumada a ouvir seus familiares cantando músicas espanholas[1]. Em 1939, aos 10 anos, iniciou sua carreira participando de programas na Rádio Record, em São Paulo[2]. Sua beleza e graciosidade eram tamanhas que fora apelidada de La Salerosa. Sempre cantando, passou pelas rádios Bandeirantes, Cultura e Tupi, chegando a ganhar dois Troféus Roquette Pinto como "Melhor Cantora Internacional".
Na inauguração da TV Tupi, em 1950, Lolita substituiu Hebe Camargo, sua amiga de longa data, e cantou o hino especialmente feito para aquela ocasião, o Hino da Televisão Brasileira, com letra do poeta Guilherme de Almeida.[3]
Em 1952, começou a namorar com Aírton Rodrigues, casando-se alguns anos depois. Tiveram apenas uma filha, a médica Sílvia. Juntos, o casal apresentou, a partir de 1956 e durante longos anos, os programas "Almoço com as Estrelas" e "Clube dos Artistas", na TV Tupi de São Paulo, onde fizeram grande sucesso[2] . Após 31 anos de casamento, o casal se separou, porém não oficialmente; Aírton morre alguns anos depois, tornando-a oficialmente viúva.
O grande sonho de Lolita era tornar-se atriz, realizando-o em 1957, a convite de Cassiano Gabus Mendes, quando interpretou a cigana Esmeralda na telenovela O Corcunda de Notre Dame, exibida às terças e sexta-feiras, onde cantava, dançava, representava e tocava castanhola. Ela também participou da primeira novela diária da televisão, a 2-5499 Ocupado, formando o triângulo romântico com Glória Menezes e Tarcísio Meira.
Por décadas, foi a melhor amiga de Nair Bello, até sua morte, em 2007. Juntas, contraceram nas novelas A Viagem, Uga-Uga, Kubanacan e no humorístico Zorra Total.
Em 2009, é lançado “De Carne e Osso”, biografia de Lolita Rodrigues escrita pela jornalista Eliana Castro, que faz parte da Coleção Aplauso, da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo.
O autor de novelas da Rede Globo, Manoel Carlos, presenteou a atriz pelos seus 80 anos completados em 2009 com um papel de destaque em sua novela Viver a Vida. Lolita interpretou Noêmia, mãe do protagonista Marcos vivido pelo ator José Mayer.

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.