filmow.com/usuario/taisfranciscon/
    Você está em
  1. > Home
  2. > Usuários
  3. > taisfranciscon

Usuária desde Maio de 2015
Grau de compatibilidade cinéfila
Baseado em 0 avaliações em comum

Últimas opiniões enviadas

  • taís

    achei a temporada mais fraquinha da série, mas ainda assim boa! o ponto alto (altíssimo, aliás) é a narrativa de Beatrice; os recursos para mostrar a persistência do passado no presente, os vãos da memória, a senilidade, a dificuldade de se compreender, se aceitar, entender os rumos da história. outro grande momento: a discussão sobre armas de fogo no quinto episódio. há várias camadas do discurso feminista hype ali: o oportunismo descarado na promoção do filme violento como ~empoderador, o discursinho superficial de fácil adesão do site Girl Croosh, as contradições explícitas, irônicas e divertidas do argumento da Diane (que nunca deixa nenhuma reflexão cair no banal). em contraste, a série mostra a misoginia virulenta da grande mídia, que ainda está a km de distância de qualquer feminismo (o que nos lembra: mesmo o feminismo mais palatável do mundo ainda não é disseminado); e o medo real de que a supremacia masculina da violência seja minimamente ameaçada pela inclusão das mulheres. no mais: Princess Carolyn, que mulher!

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • taís

    viva a ótima Ana Maria Magalhães pelo curta Assaltaram a Gramática! que juventude, que irreverência. meio videoclipe de poesia, meio manifesto estético.
    Paulo Leminski, o cachorro louco que deve ser morto a pau e pedra, o filhodaputa.
    Chacal, de nome Orlando Tacapau, de idade indeterminada no espaço, de origem indefinida no tempo.
    Waly Salomão, nefelibata nato, gigolô de bibelôs, surrupiador de souvenirs, mero embaralhador de cartas.
    Chico Alvim, que em matéria de poesia, só queria isso: só queria é ser mais amado.
    num relance, Alice Ruiz "totalmente Rita Hayworth", como disse Carlito Azevedo.
    num televisor, a memória de Ana C. lendo um dos meus poemas preferidos, "Samba-Canção" (A Teus Pés).
    até a música do Paralamas fica melhor!
    "Anda rápido aí que eu tenho um compromisso, viu? Eu tenho um compromisso com a minha geração. Dizem por aí que é uma geração alienada, uma geração AI-5, mas ela reinventou a poesia. Ela foi buscar a palavra onde só havia o silêncio"

    Você precisa estar logado para comentar. Fazer login.
  • Thor
    Thor

    em que fase você está agora?

  • N
    N

    Gostei do perfil, dos filmes e das opiniões enviadas. Tomei a liberdade de adicionar :-)

  • Guilherme
    Guilherme

    Aê Aê!

    (procrastinação me fazendo reativar isso aqui.haha)

Este site usa cookies para oferecer a melhor experiência possível. Ao navegar em nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Se você precisar de mais informações e / ou não quiser que os cookies sejam colocados ao usar o site, visite a página da Política de Privacidade.