Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Ginnifer Goodwin
905Número de Fãs

Nascimento: 22 de Maio de 1978 (38 years)

Memphis, Tennessee - Estados Unidos da América

Filha de Tim ex-músico e dono de estúdio de gravação e Linda ex-educadora e dona-de-casa, como Jennifer Michelle Goodwin. Criada em Memphis, Tennessee, USA, Jennifer se tornaria Ginnifer anos mais tarde, como consequência da fonética do sotaque sulista com o qual ela foi criada. A sua vocação para os palcos se fazia presente desde berço, tendo participado de montagens teatrais desde o jardim de infância. Essa paixão transcendeu o período colegial cursado no Lausanne Collegiate School, levando-a a Universidade de Boston, de onde ela recebeu o seu bacharelado em Belas Artes com ênfase em Artes Cênicas em 2001. Antes de receber o prêmio de Excelência em Atuação ofertado pela Bette Davis Foundation em Massachussets, a jovem talento se mudou para a Inglaterra, onde adquiriu o Acting Shakespeare Certificate da London Royal Academy of Dramatic Arts. Lá ela também estudou com a London Academy of Music and Dramatic Arts e com o Shakespeare Institute, Stratford-upon-Avon (em associação com a Royal Shakespeare Company); Ainda, atuou nos palcos londrinos como Joana d’Arc, Ofélia (Hamlet) e Jéssica (O Mercador de Veneza). Quando retornou a Boston, participou de produções como “Dead End” e “As You Like It” – cuja protagonista, Rosalinda, é sua personagem shakespeariana preferida – no Huntington Theatre.
O sonho de se mudar para New York City lhe rendeu a decolagem da sua carreira profissional, com a conquista de uma pequena participação no seriado “Lei e Ordem” (1990). Logo depois as portas se abriram e foi contratada para interpretar uma estudante nerd e cínica na comédia “Ed” (2000 -2001). Quanto ao seu ponta-pé na indústria cinematográfica, este ficou por conta do papel de protagonista no primeiro filme original da Comedy Central, toscamente intitulado “Porn’n Chicken” (2002). Logo depois ganhou o papel de uma estudante, cuja vida amorosa é sabotada por uma “amiga” em “O Sorriso de Monalisa” (2003). Ginnifer participou de “Encontro com o Seu Ídolo”. Logo depois, abandonou esta imagem ao encarnar Vivian Cash, a primeira esposa do cantor Johnny Cash na cinebiografia “Walk the Line” (Johnny e June, 2005). Neste mesmo ano ela retornou às telinhas, desta vez para dar voz a um dos personagens da série “Robot Chicken” (Cartoon Networ
k); e ainda, garantiu vaga permanente no elenco do drama da HBO, Big Love (Amor Imenso, 2006-2011), dando vida à Margene Heffman – terceira esposa da família polígama de Bill Henrickson.
No ano seguinte, Ginny estrelou na obscura comédia “Love Comes to the Executioner”, e no dramático “Marco Zero” – o último lhe rendeu um namoro de dois anos com o seu protagonista, Chris Klein. Em 2008 a atriz foi homenageada com o prêmio “Face of the Future” oferecido pela Max Mara em reconhecimento das mulheres promissoras na indústria cinematográfica. Se manteve nas telas do cinema nos intervalos de filmagens de Big Love participando do filme independente “Birds of America” (2008), e da comédia romântica “Ele Não Está Tão Afim de Você” (2009). A personagem Gigi lhe rendeu uma indicação ao People’s Choice Award por Atriz revelação em filmes. Em Abril de 2009, participou da adaptação da série de livros de Beverly Cleary, “Ramona and Beezus”, no papel de tia Bea. Neste mesmo ano, Goodwin faturou um papel na adaptação do romance de Christopher Isherwood, “Direito de Amar”, ao lado de Colin Firth. Com o fim da série Big Lov
e, protagonizou o filme “O Noivo da Minha Melhor Amiga”, e em seguida, deparou-se com o grande momento da sua carreira: a chance de interpretar a Branca de Neve, do seriado “Once Upon A Time”, cujo sucesso rendeu a emissora ABC um dos maiores índices de audiência de 2011/2012.
Atualmente a atriz está fazendo o papel de Branca de Neve, na série Once Upon a Time.
Em novembro de 2013, Goodwin anunciou seu noivado com Josh Dallas e, em outubro, anunciou estar grávida de seu primeiro filho.