Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Grazi Massafera

Grazi Massafera

Nomes Alternativos: Grazielli Massafera | Grazielli Soares Massafera

173Número de Fãs

Nascimento: 28 de Junho de 1982 (34 years)

Jacarezinho, Paraná, Brasil

Grazi Massafera, nome artístico de Grazielli Soares Massafera[1] (Jacarezinho, Paraná, 28 de junho de 1982)[2], é uma modelo e atriz brasileira, que ficou conhecida ao participar do reality show Big Brother Brasil 5.
É a segunda filha de Cleusa Soares Massafera e Gilmar Massafera, família de escassos recursos financeiros.

Grazi muito cedo demonstrou interesse pelo universo artístico. Participou de concursos de beleza-mirim, que deram lugar aos diversos concursos de rainha de rodeios vencidos em sua região e, mais tarde, ao de Miss Paraná, que acabou por conquistar na sua segunda tentativa, em 2004.

Em 2004, foi eleita Miss Paraná e representou o estado no concurso Miss Brasil no mesmo ano, obtendo a terceira colocação e o título de Miss Brasil Beleza Internacional, representando o país no Miss Beleza Internacional, realizado anualmente na China. Como madrinha de bateria da Grande Rio foi uma das mais esperadas pelo público a entrar na avenida nos anos de 2007 e 2008, pelo carnaval carioca.

Em 15 de abril de 2004, ficou em 3º lugar no Miss Brasil 2004, transmitido pela Bandeirantes. O concurso foi o cinquentenário de eleição de misses Brasil e contou com a participação de várias eleitas desde 1954. Não houve, porém, um contínuo interesse da mídia. No concurso de Miss Beleza Internacional, apesar de relativo destaque, não compôs o quadro de semifinalistas. Na sequência, foi classificada pelo site especializado em missologia "Global Beauties" entre as mais "sexies" candidatas mundiais daquele ano. Em recente entrevista ao jornal O Globo, Grazi teceu comparações entre os mundos da indústria fashion nas semanas de moda, das quais participa como modelo, e os das misses.

Tornou-se conhecida ao participar do Big Brother Brasil, obtendo o segundo lugar com 40% dos votos. Desde então passou a aparecer com frequência na mídia. São 130 capas de revista e mais de 20 campanhas publicitárias, além da presença em eventos e desfiles.[3] Depois disso, entrou para a Oficina de Atores da Rede Globo, quando foi convidada pelo autor de novelas Manoel Carlos a interpretar Thelma em Páginas da Vida. Porém, antes de sua estréia nos folhetins globais, fez participações nos humorísticos Zorra Total e A Turma do Didi. Atuou também no filme Didi, o Caçador de Tesouros e trabalhou como repórter do Caldeirão do Huck.

Após quase um ano de negociações, realizou um trabalho de nu artístico para a Playboy, estampando a capa da edição do 30º aniversário da revista. A edição da revista foi a mais vendida entre os anos de 2005 e 2010, com 563.865 exemplares.[4] Também fez uma matéria jornalística no Domingão do Faustão e foi escolhida a "Celebridade do Ano" em 2006, pelos leitores da Revista Contigo!. Em 2007, participou do filme O Mar Não Está pra Peixe, dublando a personagem Cordélia. Ganhou o Troféu Imprensa por unanimidade como "Revelação do Ano" e também foi eleita "Atriz Revelação" pelo Prêmio Contigo.

Ainda nesse ano, integrou o elenco da novela Desejo Proibido, em que viveu Florinda, a filha mimada e casamenteira do prefeito da cidade fictícia de "Passaperto", Viriato Palhares (Lima Duarte) e de Magnólia Cardoso Palhares (Nívea Maria). Na trama, era irmã de Eulália Palhares Patápio (Ana Lima) e apaixonada por Ciro Feijó (Rodrigo Lombardi). A história teve como pano de fundo o estado de Minas Gerais na década de 1930.

No ano de 2008, foi coroada rainha do tradicional baile de carnaval do hotel Copacabana Palace, muito conhecido no passado pelos seus convidados da fase áurea de Hollywood, tais como Ginger Rogers, Fred Astaire e Jayne Mansfield, entre outros. Além de ter sido rainha de bateria da Acadêmicos do Grande Rio. Em meados de 2008, após as atrizes Flávia Alessandra e Alinne Moraes, além da apresentadora Angélica, recusarem o convite para protagonizar a novela Negócio da China, recebeu o papel de protagonista do folhetim, assinado por Miguel Falabella, por meio de testes, onde concorreu com atrizes já consagradas, Guilhermina Guinle e Juliana Barone. Pela sua atuação, foi bastante elogiada, firmando-se ainda mais no meio, e, chegou a ser indicada ao Prêmio Extra de TV na categoria de Melhor Atriz[parcial?]

Em dezembro, entrou na lista dos "100 Brasileiros Mais Influentes" da Revista IstoÉ Independente.[5] Também em dezembro, foi escolhida como uma das "10 Mais Bem Vestidas de 2008" pela revista IstoÉ Gente.[6]

Em 2009, foi uma das apresentadoras do programa Superbonita, no canal à cabo GNT, junto com as atrizes Mariana Ximenes e Christine Fernandes. Elas entraram temporariamente no lugar da atriz Taís Araújo, que deixou o programa para fazer a novela Viver a Vida, na Rede Globo. Também em 2009 lançou sua linha de sandálias Grazi Azaléia[7]que é muito mais do que uma coleção: trata-se de um projeto que envolve responsabilidade social. Parte das vendas dos produtos é revertida para o Nós do Morro, grupo de teatro que há 22 anos proporciona acesso à arte e à cultura para as crianças[8][9]

Ainda em 2009, posou nua junto com Cauã Reymond, seu namorado, para o livro Mario de Janeiro Testino, do conceituado fotógrafo peruano Mario Testino.[10][11] No mesmo ano foi eleita pela Revista VIP como a "Mulher Mais Sexy do Mundo".[12]

Em 2010, encarna sua primeira vilã na novela Tempos Modernos, que marca o retorno do autor Bosco Brasil à Globo.[13] Para o papel, treinou com o BOPE, já que sua personagem, Deodora, é chefe da segurança de um prédio em São Paulo.[14]

Após a recusa da atriz Juliana Paes para atuar na série As Cariocas, que marca a volta do direto Daniel Filho à Rede Globo, devido à gestação, Grazi assume o papel de uma sedutora carioca que seria de Juliana e retorna ao posto de protagonista, ao lado de outros grandes nomes, como: Sônia Braga, Adriana Esteves, Fernanda Torres, entre outros.

No plano pessoal, namora o ator Cauã Reymond desde o início de 2008. Antes disso namorou com Alan Passos, que conheceu no Big Brother Brasil, até o início de 2007.