Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Dudu Azevedo

Dudu Azevedo

Nomes Alternativos: Carlos Eduardo Cardoso de Azevedo

113Número de Fãs

Nascimento: 7 de Novembro de 1978 (38 years)

Rio de Janeiro - Brasil

Dudu Azevedo, nome artístico de Carlos Eduardo Cardoso de Azevedo (Rio de Janeiro, 7 de novembro de 1978), é um ator e baterista brasileiro membro da banda Redtrip.

Fruto temporão de uma família de quatro filhos, Dudu Azevedo nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e foi criado em Niterói (RJ), onde vive até hoje. Durante a infância foi "catequizado" à base de riffs de guitarra. Rush, Pink Floyd, AC/DC. Os irmãos riscavam os discos e o mascote assimilava lições diárias de rock.
Foi mais do que natural então que a música se infiltrasse com força durante a adolescência. Hendrix, Gonzaguinha, Hermeto Pascoal, as trilhas do gosto se abriam. Aos 12, Dudu dribla o contrabaixo oferecido pelos pais e assume a vocação para as baquetas, iniciando-se como baterista.
Em paralelo à música, quase por acidente, descobriu-se ator. Com 14 anos estréia naquele que logo iria se converter em um pequeno clássico da TV nacional dos anos 90: o seriado Confissões de Adolescente, da TV Cultura. Interpretando o personagem Danton, contracena com atrizes emergentes como Leandra Leal e é dirigido pelo consagrado cineasta Daniel Filho.
Dez anos depois, abre caminhos no cinema. Depois de dar vida ao baterista Guto Goffi em Cazuza – O Tempo Não Para, protagoniza o filme Ódiqué?, premiado no Festival de Cinema Independente de Nova York em 2004.
Como protagonista do longa Pode Crer! (2007), Dudu divide o set com Maria Flor, Gregório Duvivier e Marcelo Adnet, afirmando seu espaço entre os nomes mais talentosos de sua geração. Em 2010, protagoniza e compõe com a Red Trip a canção-tema da comédia Muita Calma Nessa Hora, grande êxito de bilheteria dirigido por Felipe Joffily.
Ator versátil, seja na comédia adolescente (Pode Crer!), na biografia de heróis da música juvenil (Cazuza – O Tempo Não Para) ou em dramas ásperos (Odiqué?), Dudu vem fixando papel importante em filmes que buscam retratar o jovem brasileiro no cinema.
A ascensão no filme nacional o levaria a ser cortejado também pela TV. Após participar de novelas e do seriado JK, em 2008 debuta no horário nobre na pele De Barretinho, personagem da novela Duas Caras, de Aguinaldo Silva.Em 2011, protagonizou um dos episódios da microsérie “Amor em quatro atos”, inspirada em canções do cantor e compositor Chico Buarque.
Como baterista, formou algumas bandas até chegar à Redtrip, com quem toca desde 2005. Desde o lançamento homônimo no mesmo ano, a Redtrip escalou hits nas rádios e em coletâneas como os discos Praia (do canal Sportv) e Mandou Muito Bem (do Multishow. Em 2011, prepara-se para lançar o álbum Penseemsalvar, com participação de Gilberto Gil.