Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Anselmo Duarte
90Número de Fãs

Nascimento: 21 de Abril de 1920 (89 years)

Falecimento: 7 de Novembro de 2009

Salto, São Paulo, Brasil

Anselmo Duarte Bento (Salto, 21 de abril de 1920 — São Paulo, 7 de novembro de 2009) foi um ator, roteirista e cineasta brasileiro. Começou no cinema como figurante no inacabado filme de Orson Welles no Brasil, "It's All True" (1942). Com "Carnaval no Fogo" (1949), produzido na Atlântida e dirigido por Watson Macedo, ele se torna um dos maiores galâs que o cinema brasileiro já teve.

Em 1951, Anselmo Duarte é contratado pela Vera Cruz, ganhando, então, o maior salário da empresa. Seu primeiro filme na companhia, como ator, foi "Tico-Tico no Fubá" (1952), sendo um grande sucesso. Estréia na direção com "Absolutamente Certo" (1957), mostrando-se ser, depois, um grande diretor de cinema.

Ganhou a Palma de Ouro e o Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes em 1962 com O Pagador de Promessas, filme que também concorreu ao Oscar melhor filme estrangeiro. Também dirigiu outros clássicos do cinema nacional, como Absolutamente Certo e Vereda da Salvação, mas, devido a divergências ideológicas com a turma do Cinema Novo, sua carreira entrou em declínio.

Em 1979, fez uma participação especial na telenovela Feijão Maravilha.

Membro do júri Festival de Cannes em 1971, Duarte morreu devido a complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral, o terceiro que o acometeu, em 7 de novembro de 2009.

Prêmios, indicações e homenagens:

Foi homenageado com um Grande Centro de Educação e Cultura (CEC) em Salto, "Tributo a Anselmo Duarte" (2009).

Convidado especial Palma de Ouro do 50º Aniversário do Festival de Cannes, na França (1997).

O pagador de promessas ganha cinco prêmios internacionais, com destaque para a Palma de Ouro em Cannes, França (1962).

Melhor Ator, por Um pinguinho de gente, Prêmio "Revista A Cena Muda", Rio de Janeiro (1949).