Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Anthony Perkins (I)
490Número de Fãs

Nascimento: 4 de Abril de 1932 (60 years)

Falecimento: 12 de Setembro de 1992

Nova York, Nova York, - Estados Unidos da América

Era filho de um famoso ator da Broadway, Osgood Perkins, que atuou em ''Scarface'', clássico de 1932 - ano em que Anthony nasceu - e que morreu quando ele tinha apenas cinco anos. Foi criado pela mãe, que ele mesmo definiu uma vez como "muito possessiva e bastante problemática".

Subiu ao palco pela primeira vez aos 14 anos e estreou no cinema em 1953 no filme ''Papai Não Quer'', dirigido por George Cukor. Em 1956 foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante pelo papel em ''Sublime Tentação'' de William Wyler, fez dois filmes com amiga Sophia Loren, ''Desejo'' (1958), de Delbert Mann e ''Uma Sombra em Nossas Vidas'' (1962), de Anatole Litvak.
Ganhou o prêmio de melhor ator no Festival de Cannes com ''Mais uma Vez, Adeus'' (1961), de Anatole Litvak, com Ingrid Bergman.

Entrou para a galeria dos grandes nomes de Hollywood ao interpretar Norman Bates (um assassino em série da obra Psycho, de Alfred Hitchcock), em 1960. O filme teve duas continuações, uma em 1983 e outra em 1986.
A partir de Psicose ele passou a interpretar só personagens neuróticos ou atormentados, com grandes problemas psicológicos como em ''Crimes de Paixão''', de 1984, ou ''Dr. Jekyll e Mr. Hyde'' de 1989.

Mas trabalhou com o mestre Orson Welles em ''O Processo'' (1962), e ''Ardil 22'' (1970), de Mike Nichols.
O ator foi casado com a irmã da atriz Marisa Berenson, Berinthia, teve dois filhos, mas nunca negou ter sido homossexual. Morreu aos 60 anos, vítima de complicações de saúde decorrentes da AIDS.