Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Cláudia Raia

Cláudia Raia

Nomes Alternativos: Maria Cláudia Motta Raia

335Número de Fãs

Nascimento: 23 de Dezembro de 1966 (49 years)

Campinas, São Paulo, Brasil - Brasil

Seu primeiro trabalho profissional foi aos 10 anos de idade, como manequim do costureiro Clodovil Hernandes. Aos 11 anos fez um tratamento para controlar o excesso de crescimento; aos 13 anos de idade já estava com 1,70 metro de altura, e isto a fazia se considerar "desengonçada".

No início de carreira dançou profissionalmente nos Estados Unidos e na Argentina. Aos 13 anos, ganhou uma bolsa para estudar balé em Nova York. Estreou aos 17 anos na televisão brasileira como a personagem Carola, contracenando com o ator Jô Soares no quadro "Vamos Malhar" do programa Viva o Gordo, na Rede Globo.

Aos 18 anos de idade estrelou a versão brasileira do musical Chorus Line. Em 1984 posou pela primeira vez para a edição brasileira da revista masculina Playboy, ainda com o nome de Maria Cláudia. Posou novamente em 1985 e 1986, já como Cláudia Raia.

Em 1987, fez a feirante Tancinha da novela Sassaricando e depois em 1988, surpreendeu como a presidiária seu Tonhão, no quadro "As Presidiárias", no programa TV Pirata. O enorme sucesso das personagens lhe garantiu o reconhecimento como atriz.

Em 1984 começou a namorar o humorista Jô Soares. O romance durou dois anos. Casou com ator e modelo Alexandre Frota em dezembro de 1986 e com ele permaneceu até 1989. Hoje está casada com o também ator Edson Celulari, por quem se apaixonou durante as gravações da telenovela Deus nos Acuda, na qual faziam par romântico.

No inicio do ano de 1997, Edson e Cláudia, já casados, tiveram Enzo. Cláudia foi convidada para fazer a vampira Mina da novela O Beijo do Vampiro, quando estava grávida pela 2ª vez. O autor usou a gravidez da atriz e a inseriu na história de sua personagem. Mina daria à luz no capítulo 109, no ar em 30 de dezembro de 2002, uma segunda-feira. Cláudia, então, deixou a trama e teve Sophia no início de 2003. Depois retornou à novela só nos últimos para finalizar o desfecho da personagem Mina.

Um de seus mais recentes trabalho na televisão foi como Donatela Fontini da novela A Favorita, uma mulher que é acusada de um crime que a sua ex-melhor amiga Flora (Patrícia Pillar) cometeu. Foi sua primeira protagonista no horário nobre.
Apesar do grande sucesso que obteve na televisão nunca abdicou por completo do teatro e do cinema. No teatro, onde se iniciou em 1984 com Chorus Line, as suas participações foram mais intermitentes. Em 1991, protagonizou Não Fuja da Raia. Dois anos mais tarde, levou à cena Nas Raias da Loucura. Em 1996, participou em Caia Na Raia. J
Já em 2001, esteve em O Beijo da Mulher Aranha. No ano de 2004, protagonizou com Miguel Falabella, a Batalha de Arroz num Ringue para Dois. Entre 2006 e 2011 esteve em: Sweet Charity, Cinco Vezes Comédia, Gatão de Estimação, Splish Splash, A Pequena Loja de Horrores e A Louca Trilogia. Finalmente, levou à cena, Cabaret em 2011. Participou ainda no musical Pernas Pro Ar, em 2009.
No cinema, Cláudia Raia também já leva um percurso assinalável: Cida, a Gata Roqueira (1986), Kuarup (1989), Boca de Ouro (1990), Matou a Família e Foi ao Cinema (1991), Rugrats em Paris: O Filme (2001), Xuxa Abracadabra (2003), Os Normais 2 – A Noite Mais Maluca de Todas (2009) e Retrato Falhado (2011). O ponto alto do seu percurso cinematográfico foi a sua participação em Normais 2 – A Noite Mais Maluca de Todas. A qualidade do seu desempenho foi tal, que lhe valeu um prémio.
Para além dos prémios APCA e Troféu Imprensa, Cláudia Raia somou diversas outras distinções ao longo da sua carreira como: Prémio Contigo 2005 – Melhor Atriz Coadjuvante por Belíssima, Prémio Qualidade Brasil 2005 – Melhor Atriz Coadjuvante por Belíssima, Prémio Contigo 2010 – Melhor Atriz Coadjuvante por Os Normais 2 – A Noite Mais Maluca de Todas, Melhores do Ano 2011 – melhor atriz por Ti Ti Ti e Prémio Contigo 2011 – melhor atriz por Ti Ti Ti.
Fora dos palcos e longe das câmaras, é seguidora do Movimento Humanos Direitos, já tendo participado em diversas campanhas do movimento. Atualmente, Cláudia Raia continua em cena com o musical Cabaret e namora com um dos seus colegas de elenco, Jarbas Homem de Mello.