Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Eliane Giardini

Eliane Giardini

Nomes Alternativos: Eliane Teresinha Giardini

223Número de Fãs

Nascimento: 20 de Outubro de 1952 (65 years)

Sorocaba, São Paulo - Brasil

Iniciou sua carreira aos dezessete anos de idade. Descendente de portugueses e italianos, estudou na Escola de Teatro da Universidade de São Paulo.

Entre os anos de 1973 e 1997, foi casada com o também ator Paulo Betti, com quem teve duas filhas: Juliana e Mariana. Durante a maternidade, abdicou temporariamente da carreira de atriz, retomando somente na década de 1980.

No teatro, conseguiu vários prêmios de melhor atriz e também cultivou um espaço no cinema, apesar de participações bem esporádicas.

Em 1993 alcançou grande sucesso ao viver Dona Patroa na telenovela Renascer. O papel lhe rendeu diversas críticas positivas e seu nome foi citado como uma das mulheres mais belas do país. No ano de 1996 mostrou sua faceta cômica na telenovela Explode Coração, como a cigana Lola. Um ano depois, em 1997, interpretou Santinha em A Indomada, uma das protagonistas da trama. Neste mesmo ano, recebeu o prêmio de melhor atriz no Festival de Cinema de Gramado, pelo filme O Amor Está no Ar.

Nesse período, separou-se de Paulo Betti, depois de vinte e cinco anos de casados.

Em 1999, viveu Janete em Andando nas Nuvens, uma sensual professora de dança. Em 2001, deu vida a um de seus melhores papéis na televisão, a divertida Nazira de O Clone, personagem que lhe rendeu o prêmio de melhor atriz pela Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Em 2003 fez uma das protagonistas da minissérie A Casa das Sete Mulheres, a determinada Dona Caetana, ícone nacional da história do Brasil.

Em 2005 encarnou a Viúva Neuta de América. Sua personagem era muito importante na trama e teve muita popularidade perante os telespectadores. Seu par com Dinho, personagem de Murilo Rosa, muitas vezes ofuscou os protagonistas e ambos foram eleitos como melhor casal da teledramaturgia daquele ano. Em 2006 interpretou a divertida beata de dupla personalidade, Eva Padilha/Esmeralda de Cobras & Lagartos, e em 2007 foi uma das co-protagonistas de Eterna Magia, a bondosa Pérola. Em 2009 despontou como a indiana Indira em Caminho das Índias.

Viveu a protagonista Hélia Pimenta em Tempos Modernos, uma mulher de temperamento difícil que é apaixonada por Leal, personagem vivido por Antônio Fagundes. A história de amor de ambos é tema central da telenovela.