Você está em
  1. > Home
  2. > Artistas
  3. > Rodrigo Santoro

Rodrigo Santoro

Nomes Alternativos: Rodrigo Junqueira dos Reis Santoro

3382Número de Fãs

Nascimento: 22 de Agosto de 1975 (41 years)

Petrópolis, Rio de Janeiro - Brasil

Estudante de jornalismo da PUC do Rio de Janeiro, Rodrigo Santoro se matriculou na Oficina de Atores da Globo e chegou a ser reprovado num teste para a minissérie Sex Appeal. Mas não se desanimou e conseguiu entrar no elenco de Pátria Minha, em 1994. A partir daí, não parou mais. O primeiro papel importante na televisão veio no ano seguinte, como o Serginho, de Explode Coração. O romance do menino com uma mulher mais velha, interpretada por Renée de Vielmond, levantou o ibope da telenovela. Entre as minisséries, destacam-se Hilda Furacão (1998) e Hoje é dia de Maria (2005).

Em 2001, no papel de um jovem internado à força num manicômio pela própria família - no filme Bicho de Sete Cabeças, de Laís Bodanzky, ele faturou os prêmios de melhor ator nos festivais de Brasília, Recife, Rio de Janeiro e de vários países sul-americanos. Em Abril Despedaçado, de Walter Salles (indicado ao Globo de Ouro em 2002 como melhor filme estrangeiro), Santoro brilhou como o sensível Tonho, um homem quieto do sertão, sujo de lama dos pés à cabeça. Corajoso na escolha de papéis, impressionou como o travesti Lady Di, em Carandiru, de Hector Babenco, em 2003.

Sua carreira internacional, iniciada em 2003, registra apenas papéis secundários. Em As Panteras apareceu por poucos minutos num papel sem texto. No mesmo ano apareceu em Simplesmente Amor (Love Actually, no original) fazendo par romântico com Laura Linney. Em 2005, ao lado da atriz Nicole Kidman, gravou um comercial milionário para um perfume da Chanel. Em 2006 viveu Paulo, personagem da terceira temporada da série "Lost", de J.J. Abrams. O seu personagem seria importante para a trama da série, mas devido a rejeição do público, ele acabou sendo rapidamente morto.

Em março de 2007, Santoro apareceu como vilão na produção 300, do diretor Zack Snyder. Na história, adaptada dos quadrinhos de Frank Miller e Lynn Varley, ele é o rei persa Xerxes, papel para o qual teve que raspar completamente o cabelo e cobrir o rosto com dezenas de piercings. Santoro foi indicado (ao lado dos premiados Jack Nicholson e Meryl Streep) para o prêmio MTV Movie Award de melhor vilão por sua atuação no filme. Nas horas de folga, Santoro surfa, joga futebol e medita - há alguns anos fez curso de meditação transcendental e pratica sempre que pode.